Publicado Por: Alessandro Douglas

Este relatório anual apresenta algumas das principais ações da UNESCO no Brasil no ano de 2020, sobretudo frente à pandemia da COVID-19. O Setor de Educação da UNESCO trabalhou apoiando estados e municípios diante do fechamento repentino e em massa das escolas. A ciência aberta e a cooperação científica se mostraram ainda mais fundamentais para nos auxiliar na busca de soluções de tratamento e prevenção deste problema global de saúde pública. A COVID-19 também causou um enorme impacto na sociedade. As desigualdades sociais e regionais, que já estavam no centro das atenções da UNESCO, tornaram-se ainda mais sensíveis em 2020, o que reforçou a importância da solidariedade, do apoio às comunidades mais vulneráveis e das ações de proteção social. O fechamento de museus, sítios do Patrimônio Mundial, teatros, cinemas e outros equipamentos culturais impactou, por um lado, o acesso da população à cultura e, por outro, os meios de sobrevivência de artistas, profissionais da cultura e das indústrias criativas; para lidar com esse cenário, entre as ações do Setor de Cultura está uma pesquisa nacional que apresentou o impacto da pandemia nos setores cultural e criativo brasileiros. Por fim, o combate à desinformação e às fake news, a alfabetização midiática, a liberdade de imprensa e a segurança dos jornalistas, temas relacionados ao Setor de Comunicação e Informação, também se tornaram mais relevantes durante a crise da COVID-19, para fazer chegar às pessoas informações confiáveis, de qualidade e que podem salvar vidas.

Gostei.
Compartilhar