Sistemas para Internet - Curso Superior Tecnológico

Autorização : CONSEPE PLENO Nº 034, 03 de outubro de 2019

Grau:

Tecnológico

Carga Horária:

2.160 horas

Turno Oferecido:

Noite

Coordenação: Prof. Dr. Robson Cavalcanti Lins
email: robson.lins@unicap.br

1. Objetivo do Curso

Objetivo Geral:

Formar o profissional capaz de projetar, analisar, e desenvolver soluções computacionais focadas na plataforma web, atreladas a uma boa visão estratégica de qualidade de software e com direção empreendedora de modelo de negócios.

Autorização: CONSEPE PLENO Nº 034, 03 de outubro de 2019.

Duração do curso: 5 períodos (mínimo); 8 períodos (máximo)

Créditos: 140 créditos obrigatórios e eletivos

Objetivos Específicos:

  • Capacitar o profissional para que possua além das habilidades e competências necessárias para o desenvolvimento de soluções para Web, ter um espírito engajador atrelado à capacidade de tomada de decisão;
  • Incentivar o desenvolvimento de soluções para Web (conteúdo e mídias) despertando um perfil empreendedor, criativo e social, capaz de produz mudanças no contexto em que está inserido atendendo às demandas e peculiaridades regionais e buscando interação com o mercado globalizado;
  • Incentivar o uso e a produção tecnológica como meios de inclusão e acessibilidade, contribuindo para uma sociedade cada vez mais democrática;
  • Incentivar a participação do aluno em projetos de extensão, tendo em vista a aplicação do conhecimento em prol do corpo e contexto social no qual o curso está inserido.

 

Perfil Profissional

O Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet é um curso focado no mercado de trabalho local, com um tempo de formação mais curto, visando a formação de um egresso especialista para o mercado do principal ecossistema local para o preenchimento de vagas e oportunidades de Desenvolvedores de Software. O profissional egresso deste curso estará habilitado no desenvolvimento de soluções digitais de software a partir de um currículo com maior profundidade dos conteúdos programáticos, como também, a prática do pensamento reflexivo, da autonomia intelectual, da capacidade empreendedora e da compreensão do processo tecnológico.

Dessa forma, trata-se de um profissional que atua na área de informática apoiando qualquer segmento empresarial que necessite de Sistemas de Informação como meio de estruturar e organizar seus processos de negócio através da Internet, podendo atuar nas seguintes funções:

  • Analista de Tecnologia da Informação;
  • Web Designer;
  • Gerente de TI;
  • Analista de Processo de Software;
  • Programador de Sistemas Computacionais;
  • Arquiteto de Software;
  • Consultor em Tecnologia da Informação.

Mercado de Trabalho

Dentre os campos de atuação do profissional formado no Curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet, podem-se citar:

  • Empresas de planejamento, desenvolvimento de projetos, assistência técnica e consultoria;
  • Empresas de tecnologia;
  • Empresas em geral (indústria, comércio e serviços);
  • Organizações não-governamentais; 
  • Órgãos públicos;
  • Institutos e Centros de Pesquisa;
  • Instituições de Ensino, mediante formação requerida pela legislação vigente.

Atividades Complementares 

O objetivo das Atividades Complementares é estimular o estudante a participar de experiências diversificadas que contribuam para o seu futuro profissional, aproximando-os da realidade e do mercado de trabalho, bem como atender à legislação em vigor. As Atividades Complementares são obrigatórias para integralizar o currículo do curso Superior de Tecnologia em Sistemas para Internet, executando um total de aproximadamente 3% da carga horária total do curso. As 60 horas das atividades complementares são distribuídas durante o curso. É fortemente recomendado que estas horas complementares sejam gerenciadas a partir de uma plataforma tecnológica, aqui referenciada à Plataforma Google for Education, adotada institucionalmente pela UNICAP.

Entendem-se por Atividades Complementares as ações acadêmicas desenvolvidas pelo aluno através de múltiplos instrumentos teóricos e práticos, em situações e oportunidades voltadas para o âmbito profissional de forma que essa participação possa ser integrada ao currículo escolar do estudante como conhecimentos adquiridos na graduação.

As atividades complementares são de caráter obrigatório e constam da organização curricular, estando relacionadas às atividades de ensino, pesquisa e extensão, compatíveis com o projeto pedagógico. As atividades complementares poderão ser desenvolvidas na UNICAP, promovidas pelos diferentes cursos e setores da Instituição de ensino, por empresas, instituições públicas ou privadas que propiciem a complementação da formação do aluno.

Acompanhamento e avaliação do Projeto Pedagógico do curso:

 

Avaliação Institucional

a UNICAP está realizando a auto-avaliação conforme o Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES), estabelecido pela Lei nº 10.861, de 14.04.2004.

Avaliação do Aluno

a avaliação é concebida como um dos mecanismos de acompanhamento da aprendizagem do aluno e se realiza de forma processual e diagnóstica, cujo o objetivo é atuar preventivamente na melhoria do desempenho dos alunos.

Regime de Aprovação

o regime de aprovação em cada disciplina obedece ao Regimento da UNICAP


CURRÍCULO 76.A.1N (Publicado em 27.11.2020)