Publicado Por: Alessandro Douglas

Revisitando ‘Geografia da Fome’ 75 anos depois: as transformações nos sistemas alimentares e os impactos na saúde, meio ambiente e mudanças climáticas.

Recuperar o debate proposto por Josué de Castro em “Geografia da Fome”, que completa 75 anos em 2021 e revisitar o tema da fome sob múltiplas dimensões. O objetivo é trazer uma análise que abarque o desenvolvimento econômico - especialmente a produção de alimentos, pobreza, desigualdades - clima e meio ambiente à luz dos padrões alimentares e da cultura alimentar no território brasileiro, englobando as cinco regiões.

A reflexão proposta buscará comparar o Brasil de 1946 com o Brasil de 2021, analisando as profundas transformações pelas quais passaram os sistemas alimentares e os nexos com a economia, a produção e consumo de alimentos e suas consequências sobre a situação de insegurança alimentar dos brasileiros, as mudanças no padrão alimentar, e impactos deletérios do atual e predominante modelo de produção e consumo de alimentos sobre a saúde, meio ambiente, clima, cultura, etc.

As principais perguntas que buscamos responder são: O que mudou nestes 75 anos? Quais os novos determinantes da fome e suas consequências sobre a saúde, meio ambiente e clima?

PROGRAMAÇÃO: 1 - 2 - 3 - 4

YOUTUBE: https://www.youtube.com/watch?v=WTB1TDFseOc

Visualizações:
164
Compartilhar