Professora de Fonoaudiologia é uma das pioneiras em implante coclear - Unicap

Título Notícias

null Professora de Fonoaudiologia é uma das pioneiras em implante coclear

Publicado Por: Daniel França

O curso de Fonoaudiologia da Universidade Católica de Pernambuco tem entre as suas docentes, uma pioneira na técnica de implante coclear no Brasil. Cristiane Zilberminsky celebra, nesta terça-feira (19) os 15 anos de sua participação na primeira cirurgia do tipo realizada no estado. Na época, a notícia virou capa do jornal Diario de Pernambuco. Mais que conhecimento científico, Cristiane fez da técnica uma verdadeira causa de vida em prol de ajudar crianças surdas a começar a escutar ou redescobrir a audição. Ela se dedica a isso há mais de 25 anos, quando ainda era estudante de Fonoaudiologia.

Logo depois de concluir a graduação, ela foi fazer uma especialização na Universidade de São Paulo, no campus Bauru, considerado referência no implante coclear, sendo o maior centro da América Latina com mais de 2 mil procedimentos realizados. Foi lá que ela conheceu a fonoaudióloga Maria Cecília Bevilácqua, pioneira no Brasil. “A fonoaudiologia participa das cirurgias fazendo os exames necessários”, detalha Cristiane.

Cinco anos depois, já em 2007, ela se juntou ao médico Rodolpho Penna Lima para oferecer o serviço em Natal, onde coordenava uma especialização pelo Instituto Alfa. A professora explica que mesmo na rede particular, era difícil fazer o implante. “Havia muita dificuldade porque na época não constava no rol de procedimentos da Agência Nacional de Saúde (ANS) ”.

Cristiane conseguiu trazer o serviço para o Sistema Único de Saúde (SUS) em Pernambuco, no Hospital Materno Infantil (Imip). “Era um sonho ver meus pacientes que não tinham perspectivas de ouvir, hoje estarem se formando”, vibra a professora que tem pacientes concluindo o curso de Jogos Digitais e engenheiros civis já formados. “A escuta é fundamental para desenvolver a linguagem”, pontua.

De acordo com a especialista, somente em Pernambuco são mais de 800 pessoas com implante coclear. Os critérios também mudaram ao longo desse tempo, antes a cirurgia era indicada somente para crianças a partir de 4 anos, atualmente já se recomenda para bebês a partir de seis meses. A cirurgia que durava três horas, hoje não passa de uma hora. Segundo a especialista, não há intervenção no cérebro. O implante é feito sob a pele pelo osso temporal. “Há aparelhos com conexão via bluetooth que permitem tratamento de sons ambientes”, pontua.

Apesar dos avanços científicos, a professora Cristiane aponta retrocessos em termos de políticas públicas. “Percebo desestruturação das equipes do SUS, com redução de recursos e equipes”. Ela ressalta ainda que o implante não se resume à cirurgia em si e que o pós-operatório é algo que acompanhará o paciente pelo resto da vida. “A cirurgia é o primeiro passo, depois vem a manutenção de antenas, fios, baterias, programação e reabilitação. É fundamental também o acolhimento à família”.

É nesta direção que a Clínica de Fonoaudiologia da Unicap oferece um serviço de acompanhamento e encaminhamento de pacientes com implantes. Antes da pandemia, uma média de dez pacientes por semana eram atendidos. A expectativa é de novas vagas a partir de maio.

O Núcleo de Implante Coclear da Unicap funciona desde 2019, atende pacientes que fizeram a cirurgia para implante do dispositivo eletrônico que possibilita o paciente escutar. Nas atividades, há participação de estudantes de Fonoaudiologia, Medicina, Psicologia, Enfermagem e Pedagogia.

Serviço

Clínica de Fonoaudiologia da Unicap

4º andar do bloco C

Informações: 2119-4137 Instagram @nicunicap

Visualizações:
234
Compartilhar

Aplicações Aninhadas

Expediente - Coluna 1

EXPEDIENTE

EDIÇÃO:
Paula Losada (1.652 DRT/PE)
Daniel França (3.1120 DRT/PE)
Dell Souza (6.869 DRT/PE)
Elano Lorenzato (2.781 DRT/PE)

SECRETARIA:
Dora Santana

PRODUÇÃO DE VÍDEO:
Luca Pacheco

Expediente - Coluna 2

REPÓRTER CINEMATOGRÁFICO:
Nildo Ferreira (2.052 DRT/PE)

DESIGNER:
Java Araújo

WEB DESIGNER E REDES SOCIAIS:
Kiko Secchim, SJ
Elano Lorenzato (2.781 DRT/PE)

Expediente - Coluna 3

REDAÇÃO E FOTOGRAFIA:
Carla Siqueira,
Júlia Farias,
Luíz Antonio Cardoso.
(estagiários)

CONTATO:
Rua do Príncipe, 526,
Bloco R, sala 117,
Boa Vista, Recife-PE.
Cep: 50050-900.
Telefone: (81) 2119.4010.
E-mail: assecom@unicap.br

Título Notícias Acontece na Unicap

Publicador de Conteúdos e Mídias

WhatsApp Image 2022-05-23 at 19.44.54.jpeg

Egressos do MBA Digital Strategy publicam artigos no Brand Trends Journal

Dois alunos do MBA em Digital Strategy tiveram artigos veiculados na Revista Brand Trends Journal, publicação científica digital do Observatório das Marcas....

Dois alunos do MBA em Digital Strategy tiveram artigos veiculados na Revista Brand Trends Journal, publicação...

comunicado-chuvasjpeg.jpeg

Comunicado

A Universidade Católica de Pernambuco comunica que, em função da intensificação das chuvas na tarde desta segunda-feira(23/05), resultando em alagamentos em...

A Universidade Católica de Pernambuco comunica que, em função da intensificação das chuvas na tarde desta...

WhatsApp Image 2022-05-09 at 13.58.22.jpeg

Coordenador do PPGH recebe a visita do idealizador do Projeto História da Ditadura

O Coordenador do PPGH, Professor Helder Remigio, recebeu a visita de cortesia do historiador e idealizador do Projeto História da Ditadura, Paulo César Gomes...

O Coordenador do PPGH, Professor Helder Remigio, recebeu a visita de cortesia do historiador e idealizador do Projeto...

IMG_9426.jpg

Professor do curso de História escreve 12 verbetes para Dicionário sobre a Independência

O professor Flávio Cabral, da graduação e pós-graduação em História da Unicap, é um dos 276 pesquisadores de 11 países que escreveram 765 verbetes do...

O professor Flávio Cabral, da graduação e pós-graduação em História da Unicap, é um dos 276 pesquisadores de 11...