Publicado Por: Alessandro Douglas

Imigrantes que estão no Recife estão encontrando dificuldades ao tentar abrir contas na Caixa Econômica Federal. Os estrangeiros afirmam que mesmo com todos os documentos regulares, como a carteira de Registro Nacional Migratório, estão passando por um processo burocrático para a abertura da conta.

Segundo a Cartilha de Informações Financeiras para Imigrantes e Refugiados, editada em maio pelo Banco Central, a Carteira de Registro Nacional Migratório é um dos documentos aptos para a identificação do imigrante no momento da abertura da conta. Porém, após feita a solicitação e ainda não aprovada, também pode ser usado o Documento Provisório de Registro Nacional Migratório. A lista de documentos varia entre os bancos.

Ainda de acordo com a Cartilha, se, na abertura de conta, houver a necessidade de operações de câmbio para troca de moedas, essa troca só poderá ser realizada em empresas autorizadas. Essas instituições podem definir quais cédulas de moeda estrangeira serão aceitas em cada transição.

Texto: Ana Júlia Duarte

Gostei.
Compartilhar