Publicado Por: Alessandro Douglas

O ministro Nelson Teich, da Saúde, concedeu a sua primeira entrevista coletiva. Sei lá se foi um desastre de público ou de crítica. Não tenho ainda instrumentos para afirmar isso. Foi, com certeza, um desastre de lógica. Fosse uma redação do Enem, levaria pau. Teich tem dois problemas principais: um excesso de teses — e, pois, não tem nenhuma — e argumenta contra si mesmo com impressionante desfaçatez, ligeireza ou burrice. Como, além de médico, é empresário do ramo da saúde, pode ser também esperteza. A ver.

Leia mais:  https://noticias.uol.com.br/colunas/reinaldo-azevedo/2020/04/23/a-entrevista-de-teich-e-um-desastre-matematico-logico-etico-e-linguistico.htm

Visualizações:
102
Compartilhar