(Re)existência da mulher na sociedade: interseccionalidades raciais e geracionais

Publicado Por: José Maria
28 nov 2022
Visualizações:
98
Compartilhar

Impactada com os efeitos nefastos das medidas de isolamento nas vidas das mulheres, que potencializou o ódio secular de seus agressores, a Semana fez ecoar vozes que propuseram caminhos de revalorização da humanidade e (re)existência da mulher. Como nos anos anteriores, para propagar os resultados de suas ações, as duas últimas edições da Semana da Mulher na Unicap geraram frutos, entre os quais a elaboração de textos que contam a história de resistência e vulnerabilidades cumuladas, que decorrem de uma situação econômica, racial e geracional. O presente trabalho é fruto desse esforço coletivo. Que ele possa contribuir, no horizonte da diferença de gênero e seus efeitos, para um despertar das responsabilidades individuais e comunitárias.