Estudantes de Engenharia da Complexidade realizam estágio social em comunidades em situação de vulnerabilidade social - Unicap

Título Notícias

Estudantes de Engenharia da Complexidade realizam estágio social em comunidades em situação de vulnerabilidade social

Publicado Por: Tércio Amaral

O mês de janeiro está sendo de novas descobertas e de muito trabalho para os estudantes do curso de Engenharia da Complexidade. Os alunos da turma pioneira da Unicap Icam-Tech – escola internacional formada a partir da parceria entre a Católica e o tradicional Institut Catholique d'Arts et Métiers, da França – estão desenvolvendo um estágio com o movimento social Unificados, que atende, sobretudo, a população carente e de rua no Recife. O estágio está sendo desenvolvido sob a supervisão do professor João Elton, responsável pelo domínio de Humanidades do curso. “O estágio é de quatro semanas, e optamos por possibilitar as experiências com pessoas em situação de rua e uma experiência socioambiental, que é a limpeza do Rio Capibaribe e o contato com as comunidades próximas e os pescadores”, comentou o professor.

Inicialmente, o estágio está sendo desenvolvido na região do Cabanga, nas margens do Rio Capibaribe, na Zona Sul do Recife. “O objetivo não é somente limpar o rio, retirando os resíduos que são jogados ali, mas também conversar com as pessoas, conhecer as suas histórias e a sua relação com o rio”, completou João Elton. Segundo ele, esse estágio social é pensado para envolver todos os domínios de conhecimento do curso. “Olhando os problemas e desafios que são enfrentados, os alunos podem fazer associações ou pensar em projetos que envolvam desde o desenvolvimento de um App que pode ajudar a população, até soluções específicas nos campos da engenharia mecânica, engenharia elétrica ou engenharia de materiais”.

Todo o trabalho está sendo realizado em equipe pelos estudantes. No estágio social, eles precisam administrar o tempo, realizar avaliações do trabalho, relacionar-se com outras pessoas e desenvolverem conteúdos articulados com o curso. “Tudo isso envolve habilidades e competências humanas, assim, inserir-se nas questões contemporâneas da poluição, da má distribuição de renda, da violência, da fome e da miséria também complementam as temáticas que já desenvolvemos no domínio de humanidades, incorporada pelo pensamento crítico, comunicação, resolução de problemas, entre outros, argumenta o professor. Os alunos estão avaliando a primeira experiência de estágio de forma positiva. “Para mim, está sendo uma experiência única em que eu nunca havia participado de algo parecido como este e certamente vou sair tanto com o sentimento de poder ter ajudado essas pessoas de alguma forma, como também uma mente mais aberta para ajudar o próximo”, comentou o estudante Luiz Eduardo Paiva Soares.

A estudante Ludmila Maranhão definiu que a troca de experiências está sendo muito importante e oportuna neste momento. “Realmente, esta é uma ótima experiência para nós, e é uma grande oportunidade para ajudarmos a comunidade e quem realmente precisa. A maioria das pessoas são simpáticas e agradáveis de conversar, e agora já conhecemos vários pelo nome e conversamos com eles diariamente, o que é muito bom para entendermos sua situação de vida e como é seu dia-a-dia”. O estudante Antônio Areias reconheceu a relação do estágio com os debates sociais e humanos desenvolvidos no curso: “Avalio esse estágio como uma das melhores atividades possíveis de terem sido propostas até hoje, pois além de didática, lúdica, eficaz, é capaz de auxiliar pessoas”, comentou.

O coordenador do curso, o professor Fernando Artur Nogueira, destacou que o objetivo da graduação em Engenharia da Complexidade é oferecer uma formação integral aos estudantes. Isso envolve, além dos conteúdos técnicos, atividades que buscam o desenvolvimento humano e o relacionamento interpessoal. “Esse é o primeiro estágio que os alunos fazem, ao longo dos quatro anos que eles irão realizar ao longo do curso. A diferença é o caráter humanitário, o que é muito importante na formação do engenheiro de complexidade”, avaliou o coordenador. “Nós visamos dar a esse engenheiro a possibilidade de pensar na comunidade vivendo os próprios problemas, colocando também o engenheiro a questão da empatia, que é essencial para a sua atuação profissional na sociedade. Quando for exercer a sua profissão, é essencial que ele tenha sensibilidade e empatia com as pessoas que vão ser beneficiadas por suas ações e que leve em consideração os problemas reais da sociedade”.

Outras parcerias – O coletivo Unificados é uma ação conjunta de diversas iniciativas pessoais e em grupo para atuar junto à população em situação de rua no Recife. Desde o início da pandemia em 2020, a Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) faz parte dessa frente compondo a campanha #Todospelarua. A Unicap disponibilizou o antigo edifício do Liceu, na Praça da República, no Centro do Recife, para que voluntários dessa campanha pudessem acolher as pessoas em situação de rua oferecendo alimentação, roupas, espaço para banho, orientação de saúde e até orientação para que essas pessoas pudessem receber o auxílio emergencial. Muitos alunos da Católica já participam como voluntários e as experiências são muito positivas, pois, além da aprendizagem mútua, trata-se de uma experiência humana que ajuda os estudantes a olhar a sua vida, a sua carreira e os seus estudos de uma forma mais ampla, pensando também no benefício social que os conhecimentos acadêmicos podem oferecer.

Visualizações:
4370
Compartilhar

Aplicações Aninhadas

Expediente - Coluna 1

EXPEDIENTE

EDIÇÃO:
Paula Losada (1.652 DRT/PE)
Daniel França (3.120 DRT/PE)
Dell Souza (6.869 DRT/PE)
Elano Lorenzato (2.781 DRT/PE)
Sílvio Araújo (4.012  DRT/PE)

SECRETARIA:
Dora Santana

PRODUÇÃO DE VÍDEO:
Luca Pacheco

Expediente - Coluna 2

REPÓRTER CINEMATOGRÁFICO:
Nildo Ferreira (2.052 DRT/PE)
Alex Costa (5.182 -DRT/PE)

DESIGNER:
Java Araújo

WEB DESIGNER E REDES SOCIAIS:
Kiko Secchim, SJ
Elano Lorenzato (2.781 DRT/PE)

Expediente - Coluna 3

CONTATO:
Rua do Príncipe, 526,
Bloco R, sala 117,
Boa Vista, Recife-PE.
Cep: 50050-900.
Telefone: (81) 2119.4010.
E-mail: assecom@unicap.br

Título Notícias Acontece na Unicap

Publicador de Conteúdos e Mídias

Unigames.png

Unigames 2024

De 26 a 28 de agosto DE2024 🎮 Unigames 2024 está chegando! 🎮 Prepare-se para o evento mais esperado do ano! De 26 a 28 de agosto, a Unicap será palco do...

De 26 a 28 de agosto DE2024 🎮 Unigames 2024 está chegando! 🎮 Prepare-se para o evento mais esperado do ano! De 26 a...

WhatsApp Image 2024-07-12 at 09.51.42.jpeg

PPGFIL - Como Elaborar um Projeto de Pesquisa

O Programa de Pós-graduação em Filosofia está promovendo a oficina: "Como Elaborar um Projeto de Pesquisa". Dia: 16/07/2024. Horário: 9h às 12h. On-line...

O Programa de Pós-graduação em Filosofia está promovendo a oficina: "Como Elaborar um Projeto de Pesquisa". Dia:...

card-propespi-stricto-sensu.png

Mestrados e Doutorados - Alunos Especiais / Alunos Ouvintes

Admissão extrasseleção, para aluno especial ou aluno ouvinte e aluno vinculado a outro Programa de Pós-graduação A Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e...

Admissão extrasseleção, para aluno especial ou aluno ouvinte e aluno vinculado a outro Programa de Pós-graduação A...

WhatsApp Image 2024-07-11 at 15.50.33.jpeg

Livro ensina metodologia para rezar

Na tarde desta quinta-feira (11), o hall do bloco G da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) foi cenário do lançamento do livro “Uma Palavra nos...

Na tarde desta quinta-feira (11), o hall do bloco G da Universidade Católica de Pernambuco (Unicap) foi cenário do...