Publicado Por: Alessandro Douglas

O Brasil é o país que mais mata pessoas trans no mundo (41% de todos os casos registrados mundialmente), e Pernambuco está na cabeça desse ranking macabro e cruel (7º mais letal para aquela população). Em apenas 6 meses, superou a marca de todos os anos anteriores desde 2017. Foram 9 assassinatos, sendo todos casos de violência extrema, brutal e desproporcional, premeditada por motivos torpes, sem chance de defesa para a vítima, e com requintes de crueldade. Tudo porque somos quem somos.

Em tempos de conservadorismo e ascensão das forças neopentecostais transfóbicas, não podemos nos calar. Hoje somos nós, população trans, que estamos sob a mira demoníaca das igrejas evangélicas e conservadoras; amanhã, serão vocês que lutam por liberdade e uma sociedade mais justa.

Juntem-se a nós e mostrem sua indignação com essa matança dizendo NÃO À TRANSFOBIA E AO TRANSFEMINICÍDIO: PAREM DE NOS MATAR!!! Vamos estancar o sangue derramado de nossas corpas e corpos🫀, e dar um basta a esta caçada desumana e assassina!!!🪧

Quando? Dia 25/11

Que horas? 16 h

Onde? Praça da República (em frente ao Palácio das Princesas)

Rede Autônoma de Travestis e Transexuais de Pernambuco/RATTs PE

Gostei.
Compartilhar