Publicado Por: Alessandro Douglas

Eles acusaram atrasos nas operações, falta de insumos e problemas para os afetados nas regiões, que precisam viajar para Santiago para serem tratados.

Encontraram-se com a Comissão Interamericana de Direitos Humanos, que também recebeu outras vítimas de violência de agentes do Estado.

Leia mais: https://www.cooperativa.cl/noticias/pais/manifestaciones/victimas-de-trauma-ocular-denunciaron-complicaciones-en-programa-de/2020-01-30/202852.html

Visualizações:
147
Compartilhar