Publicado Por: Alessandro Douglas

O Centro Dom Helder Camara de Estudos e Ação Social (Cendhec), a Central Única dos Trabalhadores de Pernambuco (CUT-PE), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra de Pernambuco (MST-PE) e o Movimento Nacional de Direitos Humanos ( MNDH) convocam coletiva de imprensa para denunciar a violência da polícia contra defensores de Direitos humanos e a criminalização dos movimentos sociais nos casos da Professora Erika Suruagy; no despejo em Amaraji (PE); e durante o ato do 29 de Maio, no Recife.

O encontro acontecerá nesta quinta-feira, de forma online, às 10 horas. A transmissão será feita pelas redes do site Brasil de Fato, apoiador do evento e perguntas deverão ser enviadas, previamente, ao e-mail comunicacao@cendhec.org.br.

Participarão:

* Tomás Agra, advogado do caso Amaraji e militante do setor de Direitos Humanos do MST;
* Jaime Amorim, da Direção Nacional do MST;
* Paulo Rocha, presidente da Cut;
* Manoel Moraes, presidente do Cendhec;
* Katia Pintor, coordenadora adjunta do Cendhec;
* Luis Emmanuel, Coordenador do Programa Direito à Cidade do Cendhec.

Na ocasião, serão lidos informes enviados a entidades internacionais, como a Organização das Nações Unidas (ONU) e Organização dos Estados Americanos (OEA).

Saiba mais detalhes em nosso site. Link na bio. https://mla.bs/ada415be

Gostei.
Compartilhar