Publicado Por: Alessandro Douglas

Esta publicação apresenta o desafio de estimular meninas e mulheres nas áreas de ciência, tecnologia, engenharia e matemática (science, technology, engineering, and mathematicas – STEM) no Brasil. Seu objetivo e metodologia de mapeamento das iniciativas brasileiras consistiram em identificar as redes Digital Girls Programme, PyLadies, Girls in Science e Technovation Girls como catalisadoras para a promoção e a implementação das áreas de STEM. Além disso, a publicação pretende mostrar exemplos de outras redes e comunidades de apoio. O conhecimento acerca de mais iniciativas brasileiras de engajamento feminino em STEM motivará outras iniciativas a promoverem a participação de meninas nessas áreas, além de outras ações do governo, organizações da sociedade civil e empresas.

Os dados coletados foram analisados ¿¿em três dimensões, que buscaram identificar:

• os objetivos e o tipo de ação das redes que visam a reunir iniciativas para incentivar meninas e mulheres em STEM;

• as estratégias de ação implementadas por essas iniciativas; e

• as principais características do subgrupo de iniciativas que responderam ao questionário.

A publicação é fundamental para o contexto nacional, pois ainda é difícil encontrar no Brasil um banco de dados que reúna informações sobre as ações realizadas para estimular o envolvimento de meninas e mulheres nas áreas de STEM. Assim, mapear essas iniciativas é essencial para dimensionar os esforços que estão sendo realizados no país para incluir meninas e mulheres em STEM e identificar lacunas no escopo, na diversidade de estratégias e na eficácia dessas iniciativas.

Visualizações:
32
Compartilhar