Publicado Por: Alessandro Douglas

As campanhas de vacinação contra o coronavírus na América Latina devem priorizar grupos vulneráveis, como indígenas e moradores de rua, que apresentam maior prevalência e risco de morte pelo vírus, disse a Unesco nesta terça-feira.

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura disse ainda que a região deixou de investir em ciência e tecnologia nos últimos cinco anos e que precisa reverter essa situação para diminuir sua dependência de países desenvolvidos para a aquisição de vacinas.

Saiba Mais: https://epocanegocios.globo.com/Mundo/noticia/2021/08/epoca-negocios-indigenas-indigentes-e-imigrantes-devem-ser-prioridade-de-vacinacao-na-america-latina-diz-unesco.html

Gostei.
Compartilhar