Ciências da Linguagem (PPGCL)

ícone professor

Corpo Docente

ícone grupo de pesquisa

Grupos de Pesquisa

ícone serviço a comunidade

Serviço a Comunidade

ícone galeria de fotos

Galeria de Fotos


O PPGCL

O Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem (PPGCL) da Universidade Católica de Pernambuco define-se como um lócus de produção e aprofundamento de conhecimento e formação científica, prática e ética para as atividades do ensino e pesquisa em linguagem.

O PPGCL concebe seu objeto de estudo - a Linguagem - como inerente à condição de “Ser humano”, no que consiste a sua formação humanitária. Considera que a linguagem constitui o sujeito e por ele é constituída, além de proporcionar parâmetros para investigar e compreender o Ser social.

Dado esse contexto mais amplo da Linguagem, o PPGCL organiza-se numa perspectiva que trabalha a Linguagem em sua dimensão constitutiva, discursiva, cultural e multissemiótica.

 

 

Área de Concentração e Linhas

A Área de Concentração do Programa é Teoria e Análise da organização linguística, contemplando duas Linhas de Pesquisa:

 

Linha 1 - Aquisição, Desenvolvimento e Distúrbios da Linguagem em suas diversas manifestações: Essa linha corresponde ao estudo das diferentes questões referentes à aquisição e aos distúrbios de linguagem, efetuado a partir de diferentes correntes teóricas, bem como ao diálogo entre a Linguística e outras disciplinas, como, a Antropologia Enunciativa, a Fonoaudiologia, a Psicologia, a Psicanálise, entre outras. Nesse sentido, pode abrigar estudos linguístico-literários à medida que esses textos abordam questões concernentes a esse campo de pesquisa.

 

Linha 2 - Processos de Organização Linguística e Identidade Social:  Estudo das organizações do texto e do discurso com base nas contribuições da Análise da Conversação, da Linguística Textual e da Análise do Discurso; implementação de pesquisas e tecnologias em Ciências da Linguagem; papel da linguagem na construção do conhecimento e organização  sócio-cultural; representação social nos discursos escolares e inclusivos; congrega estudos que têm como fundamento a interlocução entre a Linguística e a Literatura.

 

 

Objetivos

O objetivo do Programa é promover pesquisas sobre linguagem, em suas várias dimensões, e qualificar profissionais de Letras e áreas afins para pesquisa e produção do conhecimento em linguagem com o intuito de tornarem-se pesquisadores reflexivos, formadores e disseminadores de conhecimento, incentivando o desenvolvimento da pesquisa na Região Norte e Nordeste do Brasil, bem como preparando os profissionais para atuarem como docentes do ensino superior.

O PPGCL tem como objetivos específicos:

  • desenvolver e preparar pesquisadores, docentes e profissionais através da reflexão crítica, científica e metodologicamente orientadas no campo da pesquisa na área das Ciências da Linguagem;
  • oferecer um espaço plural para a geração e troca de conhecimento acadêmico e científico em Linguagem em âmbito nacional e, em especial, na Região Norte e Nordeste, estimulando a interdisciplinaridade, o intercâmbio e a transferência de conhecimento com outras instituições e com a sociedade;
  • criar condições para a intervenção na realidade regional, estadual e nacional, por meio de estudos e pesquisas que possam subsidiar a reflexão, a análise e a proposição de estudos na área da linguagem.

O Programa apresenta uma identidade própria e dinâmica, com objetivos bem definidos, formando profissionais na área de Ciências da Linguagem, atuantes no cenário científico nacional e internacional.

 

Nossa proposta

Especificamente, o Programa se propõe a:

  • preparar profissionais de Ciências da Linguagem e áreas afins para a produção do conhecimento científico nas suas áreas de atividade acadêmica e profissional;
  • preparar professores para o Ensino Superior e o exercício da docência na área da Linguagem;
  • atribuir, mediante regime didático-científico, o título de Mestre e Doutor em Ciências da Linguagem.

Estrutura Curricular

Área de Concentração

 

Teoria e análise da organização linguística

Linhas de Pesquisa

1. Aquisição, Desenvolvimento e Distúrbios da Linguagem em suas diversas manifestações.
2. Processos de Organização Linguística e Identidade Social.

3. Linguística e literatura: interlocuções.

Mestrado

O Curso de Mestrado tem a duração de 24 meses, período em que devem ser integralizados 24 créditos, divididos como segue:

  • Módulo Fundamental: 06 créditos
  • Módulo Específico: 06 créditos
  • Módulo Complementar e de Formação Docente: 06 créditos
  • Orientação de Dissertação: 06 créditos

As disciplinas optativas são escolhidas em consonância com a temática da dissertação e sob a orientação de um docente especialista na área.

MÓDULO FUNDAMENTAL - DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS

Código

Nome da Disciplina

C.H.

Créditos

PCL 6101

Epistemologia e Metodologia Científica

45

03

PCL 6102

Fundamentos Teóricos e de Análise da Linguagem

45

03

-

Trabalho de Dissertação Orientado

90

06

MÓDULO COMPLEMENTAR - DISCIPLINAS OPTATIVAS

PCL 6201

Tópicos Avançados em Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem

45

03

PCL 6202

Tópicos de Estudo sobre Linguagem

45

03

PCL 6203

Seminários Avançados sobre Linguagem

45

03

 

MÓDULO ESPECÍFICO - LINHA DE PESQUISA 1:

Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem em suas Diversas Manifestações

PCL 6204 Aquisição da Linguagem 45 03
PCL 6205 Aquisição da Linguagem Escrita 45 03
PCL 6206 Aquisição da Segunda Língua e Língua Estrangeira 45 03
PCL 6207 Aquisição da Linguagem de Crianças Surdas 45 03
PCL 6208 Distúrbios de Linguagem 45 03
PCL 6209 Psicanálise e Linguagem 45 03
PCL 6216 Elementos de Análise do Discurso 45 03

PCL 6210

PCL 6226

Tópicos Avançados em Aquisição da Linguagem 

Estudos Linguístico-literários e Psicanálise

45

 

45

03

 

03

 

MÓDULO ESPECÍFICO - LINHA DE PESQUISA 2:

Processos de Organização Linguística e Identidade Social

PCL 6211 Filosofia da Linguagem 45 03
PCL 6212 Antropologia Linguística 45 03
PCL 6213 Linguística Textual 45 03
PCL 6214 Fala e Escrita 45 03
PCL 6215 Linguagem, Inclusão Escolar e Social 45 03
PCL 6216 Elementos de Análise do Discurso 45 03
PCL 6217 Tópicos Avançados de Estudos em Análise do Discurso 45 03
MÓDULO COMPLEMENTAR - Atividades Programadas (minicursos)
PCL 6218 Leitura Dirigida 15 01

PCL 6219

PCL 6228

PCL 6230

PCL 6231

Seminários

Tópicos em Estudos Linguístico-Literários

Seminário Institucional

 

Teoria de Gêneros Textuais/Discursivos

15

45

01

03

MÓDULO DE FORMAÇÃO DOCENTE
- Estágio de Docência 30 02

 

       

 

Doutorado

O Curso de Doutorado tem a duração de 48 meses, período em que devem ser integralizados 54 créditos, equivalentes a 720 horas/aula, divididos da seguinte forma:

  • Módulo Fundamental: 09 créditos em disciplinas obrigatórias
  • Módulo Complementar: 21 créditos, dos quais 18 poderão advir de disciplinas aproveitadas do Mestrado
  • Módulo Específico: 06 créditos (produção científica)
  • Orientação de Tese: 18 créditos.
 
MÓDULO FUNDAMENTAL - DISCIPLINAS OBRIGATÓRIAS
Código Nome da Disciplina C.H. Créditos
PCL 7101 Seminário de Tese I 45 03
PCL 7102 Seminário de Tese II 45 03
PCL 7103 Seminário de Tese III 45 03
- Trabalho de Tese Orientado 270 18
MÓDULO COMPLEMENTAR - DISCIPLINAS OPTATIVAS
PCL 6201 Tópicos Avançados em Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem 45 03
PCL 6202 Tópicos de Estudo sobre Linguagem 45 03
PCL 6203 Seminários Avançados sobre Linguagem 45 03
Linha de Pesquisa Aquisição e Desenvolvimento da Linguagem em suas Diversas Manifestações
PCL 6204 Aquisição da Linguagem 45 03
PCL 6205 Aquisição da Linguagem Escrita 45 03
PCL 6206 Aquisição da Segunda Língua e Língua Estrangeira 45 03
PCL 6207 Aquisição da Linguagem de Crianças Surdas 45 03
PCL 6208 Distúrbios de Linguagem 45 03
PCL 6209 Psicanálise e Linguagem 45 03
PCL 6210 Tópicos Avançados em Aquisição da Linguagem 45 03
PCL 6216 Elementos de Análise do Discurso 45 03
Linha de Pesquisa Processos de Organização Linguística e Identidade Social
PCL 6211 Filosofia da Linguagem 45 03
PCL 6212 Antropologia Linguística 45 03
PCL 6213 Linguística Textual 45 03
PCL 6214 Fala e Escrita 45 03
PCL 6215 Linguagem, Inclusão Escolar e Social 45 03
PCL 6216 Elementos de Análise do Discurso 45 03
PCL 6217 Tópicos Avançados de Estudos em Análise do Discurso 45 03
MÓDULO COMPLEMENTAR - Atividades Programadas (minicursos)
PCL 6218 Leitura Dirigida 15 01
PCL 6219 Seminários 15 01

 

MÓDULO ESPECÍFICO: Produção Intelectual - Critério de Pontuação - Créditos: 6

O Mestrado

O Mestrado em Ciências da Linguagem é constituído de 24 (vinte e quatro) créditos assim distribuídos:

  1. 12 (doze) créditos no Módulo Fundamental - 06 (seis) créditos relativos às disciplinas obrigatórias para todas as linhas e 06 (seis) créditos em orientação de Dissertação.
  2. 06 (seis) créditos no Módulo Específico.
  3. 06 (seis) créditos em Módulo Complementar e Formação Docente.

MÓDULOS

  1.  Módulo Fundamental – Disciplinas obrigatórias:
  • PCL 6101 Epistemologia e Metodologia Científica
  • PCL 6102 Fundamentos Teóricos e de Análise da Linguagem
  • Trabalho de Dissertação Orientado
  1. Módulo Específico:

Linha 1:

  • PCL 6204 - Aquisição da Linguagem
  • PCL 6205 - Aquisição da Linguagem Escrita
  • PCL 6206 - Aquisição da Segunda Língua e Língua Estrangeira
  • PCL 6207 - Aquisição da Linguagem de Crianças Surdas
  • PCL 6208 - Distúrbios de Linguagem
  • PCL 6209 - Psicanálise e Linguagem
  • PCL 6210 - Tópicos Avançados em Aquisição da Linguagem
  • PCL 6216 - Elementos de Análise do Discurso
  • PCL 6226 - Estudos Linguístico-literários e Psicanálise

Linha 2:

  • PCL 6211 - Filosofia da Linguagem
  • PCL 6212 - Antropologia Linguística
  • PCL 6213 - Linguística Textual
  • PCL 6214 - Fala e Escrita
  • PCL 6215 - Linguagem, Inclusão Escolar e Social
  • PCL 6216 - Elementos de Análise do Discurso
  • PCL 6217 - Tópicos Avançados de Estudos em Análise do Discurso
  • PCL 6228 - Tópicos em estudos Linguístico- Literários
  • PCL 6230 - Seminário Interinstitucional Internacional
  • PCL 6231 - Teoria de Gêneros Textuais/Discursivos
  1. Módulo Complementar – Disciplinas Optativas:
  • PCL 6201 Tópicos Avançados em Aquisição e Desenvolvimento da      Linguagem
  • PCL 6202 Tópicos de Estudo sobre Linguagem
  • PCL 6203 Seminários Avançados sobre Linguagem

Módulo Complementar – Atividades Programadas (minicursos):

  • PCL 6218 Leitura Dirigida
  • PCL 6219 Seminários
  1. Módulo de Formação Docente:
  • O Estágio de Docência é obrigatório para bolsistas.

O Doutorado

O Doutorado em Ciências da Linguagem é constituído de 54 (cinquenta e quatro) créditos, 720 horas/aula, assim distribuídos:

  1. 27 (vinte e sete) créditos no Módulo Fundamental - 09 (nove) créditos relativos às disciplinas obrigatórias para todas as linhas (Seminário de Tese I, II, III) e 18 (dezoito) créditos em orientação de Tese.
  2. 06 (seis) créditos no Módulo Específico (Produção Intelectual).
  3. 21 (vinte e um) créditos no Módulo Complementar (Disciplinas Optativas, Seminários, Leitura Dirigida), dos quais até 18 (dezoito) créditos poderão advir do Mestrado.

MÓDULOS

  1. Módulo Fundamental: constituído de 03 (três) disciplinas obrigatórias de 03 (três) créditos que deverão ser cursadas por todos os alunos; 18 (dezoito) créditos de orientação de Tese.
  2. Módulo Complementar: constituído por disciplinas optativas de 03 (três) créditos, oferecidas pelo Programa, e/ou leituras dirigidas de 01 (um) crédito, e/ou seminários de 01 (um) crédito, que totalizarão até 21 (vinte e um) créditos.
  3. Módulo Específico: constituído pela Produção Intelectual do aluno, totalizando 06 (seis) créditos, correspondentes à Produção 1 do Documento de Área vigente, com obrigatoriedade de pelo menos 1 artigo científico em Periódico avaliado como A1, A2, B1 ou B2 pelo sistema Qualis/Capes ou carta de aceite até a data da defesa.

 DISCIPLINAS

As disciplinas integrantes do currículo do Doutorado serão classificadas como:

  1. disciplinas obrigatórias: que visam a capacitar o aluno para o desenvolvimento de atividades de pesquisa;
  2. disciplinas optativas: que visam a assegurar a formação do aluno na área de Ciências da Linguagem e na Linha de Pesquisa escolhida pelo mesmo.

O curso do Doutorado em Ciências da Linguagem exige a integralização de 54 (cinquenta e quatro) créditos, assim distribuídos:

  1. 09 (nove) créditos relativos às disciplinas obrigatórias;
  2. 21 (vinte e um) créditos em disciplinas optativas, escolhidas pelo aluno em conjunto com o professor orientador, dentre aquelas que melhor se adaptem ao seu plano de curso e de tese;
  3. desses, até 18 (dezoito) créditos poderão ser integralizados do Mestrado.
  4. 06 (seis) créditos em Produção Intelectual;
  5. 18 (dezoito) créditos relativos à orientação de Tese;

O Estágio de Docência é obrigatório para bolsistas.

Para a integralização dos créditos exigidos para o Doutorado, serão aceitos créditos obtidos em outros Programas de Pós-graduação stricto sensu da UNICAP ou de outras Instituições reconhecidas por órgãos federais competentes, observando-se a época em que a disciplina foi cursada, a paridade de carga horária/créditos, ementa, conteúdo programático, bibliografia, conceito atribuído e frequência, a critério do Colegiado.

É permitido ao doutorando cursar disciplinas de domínio conexo oferecidas por outros Programas de Pós-graduação stricto sensu reconhecidos por órgão federal competente. As notas das disciplinas transferidas deverão ser iguais ou superiores a 7,0 (sete) o que corresponde aos conceitos A, B e C.

Permanentes

> Antônio Henrique Coutelo de Moraes | E-mail: antonio.moraes@unicap.br | Lattes

> Benedito Gomes Bezerra |E-mail: benedito.bezerra@unicap.br | Lattes

> Dario Brito Rocha Júnior | E-mail: dario.brito@unicap.br | Lattes

> Elaine Pereira Daróz | E-mail: elaine.daroz@unicap.br | Lattes

> Francisco Madeiro Bernardino Junior | E-mail: francisco.madeiro@unicap.br | Lattes
> Karl Heinz Efken | E-mail: karl.efken@unicap.br | Lattes
> Glória Maria Monteiro de Carvalho | E-mail: gloria.carvalho@unicap.br | Lattes
> Isabela Barbosa do Rêgo Barros | E-mail: isabela.barros@unicap.br | Lattes
> Maria de Fátima Villar de Melo | E-mail: fatima.melo@unicap.br | Lattes
> Moab Duarte Acioli | E-mail: mbacioli@unicap.br | Lattes
> Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo | E-mail: nadia.azevedo@unicap.br | Lattes
> Renata Fonseca Lima da Fonte | E-mail: renata.fonte@unicap.br | Lattes
> Roberta Varginha Ramos Caiado | E-mail: roberta.caiado@unicap.br | Lattes
>Rossana Regina Guimarães Henz | E-mail: | rossana.henz@unicap.br | Lattes

>Vera Lucia Felicetti | E-mail: vera.felicetti@unicap.br | Lattes
>Wanilda Maria Alves Cavalcanti | E-mail: wanilda.cavalcanti@unicap.br | Lattes

Colaboradores

> Maria Otília Guimarães Ninin | E-mail: maria.ninin@unicap.br | Lattes

> Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante | E-mail: marianne.cavalcante@gmail.com | Lattes

> Robson Teles Gomes | E-mail: robson.teles@unicap.br | Lattes

 

Inscrições e Critérios de Seleção

O PPGCL vem contribuindo para a formação e a qualificação de pesquisadores na área das Ciências da Linguagem, recebendo doutores, advindos da UFPB e da UPE, para realizar seu estágio pós-doutoral no PPGCL da UNICAP.

Inscrições

As inscrições para o pós-doutorado são feitas em formulário próprio. Para se inscrever, o candidato precisa apresentar:

  • Cópia do diploma de doutorado em Letras, Linguística ou áreas afins.
  • Currículo Lattes atualizado (para candidatos brasileiros).
  • Plano de Atividades a ser desenvolvido de acordo com a área de concentração do PPGCL e com vínculo a uma das
    linhas de pesquisa do Programa. O Plano deve conter atividades de pesquisa e integração entre graduação e pós-graduação.

Critérios de Seleção

Serão considerados, na seleção, a critério do supervisor e com a anuência do Colegiado, os seguintes critérios:

  • Trajetória acadêmico-científica do pleiteante.
  • Produção intelectual acumulada nos últimos cinco anos.
  • Vínculo do Plano de Atividades à Área de Concentração do Programa.

Consonância da investigação proposta às linhas de pesquisa do PPGCL.

Cadastramento Inicial para Pós-Doc

Informamos os critérios de pontuação para Publicações.

- Tabela de Valores (Clicar aqui)


Presidente/Chanceler

Pe. Mieczyslaw Smyda, S.J.
Provincial dos Jesuítas do Brasil

Reitor

Prof. Dr. Pe. Pedro Rubens Ferreira Oliveira, S.J.

Pró-reitora de Pesquisa e Pós-graduação

Profa. Dra. Valdenice José Raimundo

> Coordenadora de Pós-graduação
Profa. Dra. Carla Patrícia Pacheco Teixeira

> Coordenador Geral de Pesquisa
Prof. Dr. Dario Brito Rocha Júnior

>> Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem (Mestrado e Doutorado)
Profa. Dra. Isabela Barbosa do Rêgo Barros
E-mail: isabela.barros@unicap.br

>> Vice-coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem (Mestrado e Doutorado)
Profa.  Maria de Fátima Villar de Melo

E-mail: fatima.melo@unicap.br

> Horário

Segunda-feira a sexta-feira das 8h às 17h.

> Local

> Fone

(81) 9146 6993

> E-mail

secretariastrictosensu@unicap.br

O Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem realiza periodicamente seu processo de autoavaliação, visando o aperfeiçoamento contínuo de atividades acadêmicas e participação na sociedade. A autoavaliação consiste de um mecanismo sistemático e contínuo de monitoramento da qualidade do programa, que complementa o processo de avaliação externa.

Edital de Bolsas 2023

Inscrições para o processo seletivo de bolsas CAPES/PROSUC, na Modalidade I (Integral) e na Modalidade II (Taxas Escolares), destinadas ao PPGCL, para os níveis Mestrado e Doutorado.  

- Resultado do Edital da Bolsa CAPES - 2023 (Clicar aqui

Obs.: Solicitamos o envio dos dados da conta corrente até o dia 23/03/2023 para o e-mail: sergio.wanderley@unicap.br.

 

Programa de Estudos e Pesquisas Pós-Graduados

A UNICAP dispõe de recursos próprios para o Programa de Estudos e Pesquisas Pós-Graduados e conta com apoio das agências de fomento de Pesquisa - CNPq, CAPES, FACEPE, através de recursos destinados ao Programa de Iniciação Científica e Programas Stricto Sensu.

O Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica – PIBIC - foi implantado em 1998 como política institucional de pesquisa, contemplando quatro tipos de bolsas: PIBIC/UNICAP, PIBIC/CNPq; PIBITI/CNPq; PIBIC/FACEPE. A UNICAP, a partir de 2012, passou a integrar o Programa Institucional de Iniciação à Docência (PIBID), passando a receber recursos de incentivo à formação de docentes em nível superior para educação básica. Importante ressaltar que o PPGCL recebeu 65 bolsas de Iniciação Científica no quadriênio 2013-2016.

O Programa Nacional de Cooperação Acadêmica - PROCAD - Atualmente, o PPGCL faz parte do Projeto de Cooperação Acadêmica - Edital nº 071/2013, intitulado "Diálogos em Linguística: do Formal ao Discursivo", elaborado em parceria com as instituições Universidade Católica de Pelotas – UCPEL (proponente), Universidade Federal da Paraíba – UFPB (associada 2), Universidade Católica de Pernambuco (associada 3), tendo como coordenadoras as professoras Carmen Lúcia Barreto Matzenauer (UCPEL), Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante (UFPB) e Nadia Pereira Gonçalves de Azevedo (UNICAP).

O PROCAD visa ao intercâmbio acadêmico-científico e está voltado à sistematização de relações e parcerias entre equipes dos referidos Programas, por meio do incremento articulado de missões de estudo, missões de pesquisa e atividades docentes, que darão suporte à mobilidade intra-inter regional. O trânsito previsto não só articula professores e alunos de diferentes níveis - PIBIC, mestrado, doutorado e pós-doutorado - como permite atingir maior equilíbrio regional da pós-graduação no país. Os grandes temas abordados na proposta envolvem fundamentalmente “Aquisição da Linguagem (incluindo Patologias da Fala), Fonologia-Variação, Cognição e Sentido, Discurso e Linguística Aplicada”, que atenderão às três linhas de pesquisa do Programa.

Equipe 1 – Linguagem: tecnologia e ensino, no qual participam os professores da UCPel Vilson José Leffa, Fabiane Villela Marroni, Aracy Ernst Pereira, Raquel da Cunha Recuero, Adail Ubirajara Sobral, Hilário Inácio Bohn, da UNICAP Roberta Varginha Ramos Caiado, da UFPB Regina Celi Mendes Pereira da Silva, Betânia Passos Medrado e Carla Lynn Reichmann;

Equipe 2 - Linguagem: cognição, texto e discurso, no qual participam os professores da UCPel Eliane Terezinha do Amaral Campello, Ercília Ana Cazarin, Alessandro Zir, da UNICAP Karl-Heinz Efken, Nadia Gonçalves de Azevedo, Moab Acioli, da UFPB Lucienne Claudete Espíndola, Jan Edson Rodrigues Leite, Pedro Farias Francelino

Equipe 3 - Linguagem: aquisição, variação e estrutura da língua, no qual participam os professores da UCPel Carmen Lúcia B. Matzenauer, Liliane da Silva Prestes Rodrigues, da UNICAP Isabela Barbosa do Rêgo Barros, Nadia Pereira Gonçalves de Azevedo, Renata Fonseca Lima da Fonte, Wanilda Maria Alves Cavalcanti, da UFPB Marianne Carvalho Bezerra Cavalcante, Evangelina Maria Brito de Faria, Dermeval da Hora Oliveira.

O Programa CAPES-COFECUB – Atualmente, também, o PPGCL, na figura da profa. Dra. Dóris de Arruda Carneiro da Cunha – coordenadora da equipe brasileira do projeto, participa do Programa CAFECUB com o projeto de pesquisa intitulado “Representação do Discurso Outro (RDA) e discursividade escrita: estudo comparativo em francês, espanhol e português brasileiro”, em parceria com a Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, financiado pelo Programa CAPES-COFECUB. A equipe brasileira é formada por Evandra Grigoletto, Fabiele De Nardi, Suzana Cortez, da UFPE, Rita Zozzoli, da UFAL e Dóris de Arruda Carneiro da Cunha, da UNICAP, UFPE. A equipe francesa é composta por Jacqueline Authier-Revuz e Claire Doquet (coordenadora), da Sorbonne Nouvelle, e Julie Lefebvre e Frédérique Sitri da Université Paris Ouest – Naterre la Défense.

 

Orientações e procedimentos ainda em elaboração, exceto as constantes na Legislação da Pós


Área de Concentração

O PPGCL possui uma Área de Concentração, Teoria e Análise da Organização Linguística.
Essa área compreende estudos relacionados à investigação linguístico-discursiva que articulam contribuições das distintas áreas de estudo das Ciências da Linguagem por meio de ações interdisciplinares que permeiam o desenvolvimento dos aspectos relacionados à organização linguística em suas diversas manifestações.

As linhas de pesquisa desta área englobam desenvolvimento de estudos relacionados aos diversos aspectos e elementos envolvidos no processo de aquisição, singularidades, desvios e distúrbios da linguagem e os estudos da organização do texto, implementação de pesquisas e tecnologias em Ciências da Linguagem na construção do conhecimento e organização sociocultural, na representação social a partir dos discursos escolares e inclusivos.

 

Linhas de Pesquisa

Linha 1: Aquisição, Desenvolvimento e Distúrbios da Linguagem em suas diversas manifestações

Essa linha corresponde ao estudo das diferentes questões referentes à aquisição e aos distúrbios de linguagem, efetuado a partir de diferentes correntes teóricas, bem como ao diálogo entre a Linguística e outras
disciplinas, como, a Antropologia Enunciativa, a Fonoaudiologia, a Psicologia, a Psicanálise, entre outras. Nesse sentido, pode abrigar estudos linguístico-literários à medida que esses textos abordam questões concernentes a esse campo de pesquisa. No tocante às condições específicas de linguagem, notadamente à surdez, a cegueira e a surdocegueira, aborda-se a acessibilidade como condição primordial que contemple contextos escolares e inclusivos. Em relação aos transtornos de linguagem, as pesquisas envolvem atividades de extensão e atendimento à comunidade em nossos laboratórios articuladas aos grupos de estudo existentes.

 

Linha 2: Processos de Organização Linguística e identidade social

Estudo das organizações do texto e do discurso com base nas contribuições da Análise da Conversação, da Linguística Textual e da Análise do Discurso; implementação de pesquisas e tecnologias em Ciências da Linguagem; papel da linguagem na construção do conhecimento e organização sócio-cultural; representação social nos discursos escolares e inclusivos; congrega estudos que têm como fundamento a interlocução entre a Linguística e a Literatura. Nessa linha de pesquisa, os
estudos desenvolvidos mantêm uma intensa atividade relacionada às análises do ensino, do texto e do discurso sob diferentes abordagens teóricas e práticas. Procura-se analisar a linguagem em vários contextos sociais, em especial: o escolar, o da saúde e o político. Tem como premissa incentivar e
desenvolver pesquisas em áreas interdisciplinares que se propõem estudar o
desenvolvimento da linguagem em seus processos cognitivos, bem como aprofundar os estudos sobre linguagem, ensino, texto e tecnologia digital.

 

Pesquisadores por Linhas

  • Linha de Pesquisa 1

> Antonio Henrique Coutelo de Moraes | E-mail: antonio.moraes@unicap.br Lattes
> Glória Maria Monteiro de Carvalho | E-mail: gmmc@unicap.br | Lattes [+]
> Isabela Barbosa do Rêgo Barros | E-mail: ibelabarros@unicap.br | Lattes [+]
> Maria de Fátima Villar de Melo | E-mail: vilardemelo@unicap.br | Lattes
> Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo | E-mail: nadia@unicap.com | Lattes

> Renata Fonseca Lima da Fonte | E-mail: renata.fonte@unicap.br | Lattes

> Rossana Regina Guimarães Henz | E-mail: | rossana.henz@unicap.br | Lattes
> Wanilda Maria Alves Cavalcanti | E-mail: wanilda@unicap.br | Lattes

 

  • Linha de Pesquisa 2

> André Luís de Araújo | E-mail: andre.araujo@unicap.br  | Lattes
> Benedito Gomes Bezerra |E-mail: beneditobezerra@unicap.br | Lattes
> Dóris de Arruda Carneiro da Cunha | E-mail: doris@unicap.brLattes [+]
> Francisco Madeiro Bernardino Junior | E-mail: madeiro@dei.unicap.br | Lattes [+]
> Karl Heinz Efken | E-mail: khefken@unicap.br | Lattes
> Moab Duarte Acioli | E-mail: mbacioli@unicap.br | Lattes
> Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo | E-mail: nadia@unicap.com | Lattes
> Roberta Varginha Ramos Caiado | E-mail: caiado@unicap.br | Lattes
> Wanilda Maria Alves Cavalcanti | E-mail: wanilda@unicap.br | Lattes [+]

 

  • Linha de Pesquisa 3

> André Luís de Araújo | E-mail: andre.araujo@unicap.br  | Lattes

> Glória Maria Monteiro de Carvalho | E-mail: gloria.carvalho@unicap.br | Lattes

> Isabela Barbosa do Rêgo Barros | E-mail: isabela.barros@unicap.br | Lattes

> Maria de Fátima Villar de Melo | E-mail: fatima.melo@unicap.br | Lattes

> Robson Teles Gomes | E-mail: robson.teles@unicap.br | Lattes

1 Linguagem, Distúrbio e Multidisciplinaridade

Relaciona-se intimamente à linha de pesquisa 1

Líderes

Maria de Fátima Vilar de Melo e Glória Maria Monteiro de Carvalho

Criação

12/04/13

Docentes vinculados ao grupo

  • Antonio Henrique Coutelo de Moraes
  • Glória Maria Monteiro de Carvalho
  • Isabela Barbosa do Rêgo Barros
  • Lourdes Maria de Andrade Pereira (PUC-SP)
  • Lúcia Maria Guimarães Arantes (PUC-SP)
  • Maria de Fátima Vilar de Melo
  • Maria Francisca de Andrade Ferreira Lier-DeVitto (PUC-SP)
  • Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo
  • Renata Fonseca Lima da Fonte
  • Wanilda Maria Alves Cavalcanti.

Discentes vinculados

Ádelly Kalyne da Silva Oliveira, Adriana Martins Ianino, Albertina Maria de Melo Tenório, Alice Claudina dos Santos, Ana Beatriz de Macêdo Cruz, Ana Luiza Brito Moreira, Andressa Maria Santos de Souza, Andreza Shirlene Figueiredo de Souza, Aurinete Maria dos Santos Souza, Austriclinio Bezerra de Andrade Neto, Cicília Gabriela Correia Tavares, Claudemir dos Santos Silva,Cristina Albert Mesquita, Fábio Albert Mesquita, Fabione Gomes da Silva, Fernanda Carolina Paiva dos Santos, Fernanda de Farias Martins, Fernando Ramos Gonçalves, Gesilda Marques da Silva Ramos, Gilvania Manoel de Arruda, Hielly Sales Dias, Hilda Maria Jucá Rodrigues, Ina Mirely Oliveira da Rocha, Késia Vanessa Nascimento da Silva, Laiane de Souza Menezes, Lucas de Azevedo Silva, Márcia Mesquita Monte, Maria Eduarda Araujo de Moraes, Maria José Pereira Gomes, Mercia Duarte de Lira, Michele Elias de Carvalho, Monick Sales de Souza Costa, Monika Lira Malhoit, Nívia Maria de Oliveira Nogueira, Paula Roberta Paschoal Boulitreau, Renata Monteiro Mendes Campos, René Ribeiro Hutzler, Robson Anselmo Tavares de Melo, Rosely de Sousa Lima, Rute Brito do Espirito Santo, Simone Frye Peixoto, Síndea Botelho Mascarenhas Leite, Wagner Ramos de Souza, Wedja Nívea da Silva Cavalcanti, William Berg Lima da Silva, Yanne Maria Araújo Nocrato.

 

2 Gênero, Texto e Ensino - GETE

Intimamente relacionado à linha de pesquisa 2

Líderes

Benedito Gomes Bezerra e Roberta Varginha Ramos Caiado

Criação

06/12/18 

Docentes vinculados ao grupo

  • Angela Paiva Dionisio (UFPE)
  • Antonio Henrique Coutelo de Moraes
  • Bárbara Olímpia Ramos de Melo (UESPI)
  • Benedito Gomes Bezerra
  • Francisco Madeiro Bernardino Junior
  • Roberta Varginha Ramos Caiado
  • Robson Teles Gomes
  • Rossana Regina Guimarães Ramos Henz
  • Wanilda Maria Alves Cavalcanti.

Discentes vinculados

Alice Claudina dos Santos, Ana Letícia dos Santos, Darlene Ribeiro da Silva Andrade, Enio Luiz Costa Tavares, Fábia Georgia Dos Santos de Melo, Girlayne Mirelle de Lima Batista, Idjane Macêdo, Iraci Nobre da Silva, Jean Marcelo Barbosa de Oliveira, John Hélio Porangaba de Oliveira, José Batista de Barros, Jose Jaime Martins dos Santos, Jose Sales de França Vidal, Josiane Almeida da Silva, Júlia Maria Correia da Luz, Kamyla Pradines Guimarães, Karla Epiphania Lins de Gois, Lídya Rafaella da Silva Morais, Marcela Gomes Barbosa, Maria das Dores Soares da Silva, Maria Guadelupe Dourado Rabello, Maria Ladjane dos Santos Pereira, Michele Elias de Carvalho, Milene Bazarim, Sandra Rosa de Magalhães Souza, Severino Carlos da Silva.

 

3 Núcleo de Estudos Dialógicos e Textuais

Intimamente relacionado à linha de pesquisa 2

Líderes

Dóris de arruda Carneiro da Cunha e Roberta Varginha Ramos Caiado

Criação

10/09/19 

Docentes vinculados ao grupo

  • André Luís de Araújo
  • Denise Lima Gomes da Silva
  • Dóris de Arruda Carneiro da Cunha
  • Janaina de Holanda Costa Calazans
  • Roberta Varginha Ramos Caiado
  • Tatiana Simões e Luna (UFPE).

Discentes vinculados

Alexandre Duarte Gomes, Amanda Raissa Seabra de Albuquerque Santos, Andréa Moreira Gonçalves de Albuquerque, Ângela Alves de Araújo Barbosa, Clarice de Souza Freire, Edivaldo Ferreira de Arruda, Francilene Leite Cavalcante, Josemeire Caetano da Silva, Manoel Klebson de Andrade Oliveira, Marcelo Leonardo Ximenes, Niege da Rocha Guedes, Rodrigo Duguay da Hora Pimenta, Roseli Wanderley de Araújo Serra.

 

4 Discurso, sujeito e sociedade

Intimamente relacionado à linha de pesquisa 2

Líderes

Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo e Moab Duarte Acioli

Criação

04/06/2014 

Docentes vinculados ao grupo

  • Antonio Henrique Coutelo de Moraes,
  • Arthur de Araújo Filgueiras
  • Cristiane Renata da Silva Cavalcanti
  • Dalexon Sérgio da Silva
  • Érika Maria Asevedo Costa Moura
  • José Reginaldo Gomes de Santana
  • Karl Heinz Efken
  • Maria do Carmo Gomes Pereira Cavalcanti
  • Martha Solange Perrusi (UNICAP)
  • Moab Duarte Acioli
  • Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo.

Discentes vinculados

Aleph Cedrim Barbalho, Alexcina Oliveira Cirne, Claudemir dos Santos Silva, Claudete Santana de Assis, Dayvesson Deleon Bezerra da Silva, Emidio Giuseppe Pinheiro Misici, Enedina Soares da Silva, Erika Caroline de Oliveira Cavalcanti, Fanuel Melo Paes Barreto, Fernanda Lucia Regueira Moreira, Fernanda Pinheiro de Souza e Silva, Francisco Santana de Oliveira, Herman Wagner de Freitas Regis, Jennifer Patricia de Araujo, Jorge Francisco da Silva, José Ferreira de Oliveira Sousa, Júlio de Oliveira Lima, Kelly Cristine Martins dos Santos, Luciano Taveira de Azevedo, Maria de Lourdes Alves Arruda, Maria José Cavalcanti de Andrade, Mariana Beatriz Silva Torres Galindo, Marina Jenné de Assis Silva, Odalisca Cavalcanti de Moraes, Pedro Spíndola Bezerra Alves, Raíssa Castro Camilo dos Santos, Richardson Silva, Rozimare Ribeiro Sales, Talita Maria Fonseca Maranhão da Costa, Vera Lucia Santos Alves, Veronica del Pilar Proaño de Fox, Verônica Maria Brayner de Oliveira Lira, Victor Hugo D Albuquerque Lima.

Breve descrição dos projetos de pesquisa e áreas de interesse dos professores do Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem.

 

1 - PROJETO PROCAD (Edital nº 071/2013) DIÁLOGOS EM LINGUÍSTICA: DO FORMAL AO DISCURSIVO (finalizado 10.10.2014 a 30.09.2020)

É uma proposta que visa ao intercâmbio acadêmico-científico entre três universidades, quais sejam: Universidade Católica de Pelotas (UCPEL – proponente), Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP – associada 1), Universidade Federal da Paraíba (UFPB – associada 2). Três programas de Pós-Graduação estão envolvidos: Letras (Linguística Aplicada) (PPGL-UCPEL), Ciências da Linguagem (UNICAP) e Linguística (UFPB). Trata-se de um projeto voltado à sistematização de relações e parcerias entre equipes dos referidos Programas, por meio do incremento articulado de missões de estudo, missões de pesquisa e atividades docentes, que dão suporte à mobilidade intra-inter regional. O trânsito previsto não só articula professores e alunos de diferentes níveis, como permite atingir maior equilíbrio regional da pós-graduação no país.

  • Pesquisadores:  Isabela Barbosa do Rêgo Barros, Karl-Heinz Efken, Moab Duarte Acioli, Nadia Pereira Gonçalves de Azevedo, Renata Fonseca Lima da Fonte, Roberta Varginha Ramos Caiado, Wanilda Cavalcanti.

 

2 - DESENVOLVIMENTO DE APLICATIVOS PARA APOIO À ALFABETIZAÇÃO

A alfabetização constitui-se em um dos grandes desafios no âmbito da educação infantil. Uma das alternativas para apoio ao processo de alfabetização consiste no uso das tecnologias da informação e da comunicação. Em particular, o computador e os dispositivos móveis, como por exemplo os smartphones, permitem associar o encantamento favorecido pelo jogo eletrônico ao processo de aprendizagem da leitura e escrita da Língua Portuguesa. As tecnologias supracitadas podem ser usadas com o objetivo de criar um ambiente de aprendizagem, onde o aprendiz processa a informação, a agrega a seus esquemas mentais e coloca para funcionar mediante um desafio. Este projeto de pesquisa tem como objetivo desenvolver aplicativos para apoio à alfabetização de crianças. Para tanto, um alvo do projeto é a criação de jogos educacionais, no âmbito de aprendizagem com mobilidade, que venham a contribuir para apoiar, de forma lúdica, a alfabetização de crianças. Este projeto foi integrado, em novembro de 2014, ao projeto PROCAD intitulado "Diálogos em linguística: do formal ao discursivo", coordenado pela Professora Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo.

 

3 - O LUGAR DAS LÍNGUAS NA AQUISIÇÃO DE INGLÊS: NARRATIVAS DE ALUNOS SURDOS SOBRE A TRIANGULAÇÃO LÍNGUA DE SINAIS - LÍNGUA NACIONAL- LÍNGUA ESTRANGEIRA EM RECIFE, BRASIL, E EM MALANG, INDONÉSIA

Embora se entenda que a linguística aplicada deve se ocupar da aquisição de línguas em contextos inclusivos, poucos pesquisadores têm se interessado pelo trabalho com a língua inglesa para surdos, que parecem ter ficado à margem da pesquisa em aquisição de segunda língua e língua estrangeira. Dando continuidade a estudos anteriores, e estreitando laços entre pesquisadores brasileiros e indonésios, esta pesquisa tem o objetivo de analisar a triangulação língua de sinais ? língua nacional ? língua estrangeira na aquisição do inglês em Recife, Brasil, e em Malang, Indonésia, a partir do relato de estudantes surdos. Para alcançar nossos objetivos de pesquisa, e confirmar ou não nossas hipóteses, buscaremos nos fundamentar em: Csizér e Kontra; Csizér, Kontra e Piniel; Grosjean; Indah e Chanastalia; Moraes; Steyer, entre outros. A metodologia a ser utilizada é a qualitativa, descritiva, de acordo com orientações de Triviños e Bardin. Os resultados esperados dizem respeito a identificar o conceito de estudantes surdos do Recife, Brasil, e de Malang, Indonésia, sobre as aulas de língua inglesa, a verificar a motivação de alunos surdos do Recife e de Malang para a aprendizagem da língua inglesa, e a conhecer o lugar das línguas preexistentes na aquisição da língua inglesa por surdos. Espera-se com esta pesquisa contribuir para as discussões acerca do tema e, consequentemente, contribuir para uma educação de qualidade para os surdos de Recife e de Malang.

  • Pesquisador: Prof. Dr. Antonio Henrique Coutelo de Moraes

 

4 - LETRAMENTOS E GÊNEROS TEXTUAIS: PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA NO ENSINO FUNDAMENTAL

A pesquisa tem como objetivo principal investigar os processos de letramentos manifestos nas práticas de leitura e escrita de gêneros textuais diversos por alunos do Ensino Fundamental. Por meio de procedimentos metodológicos que combinam análise textual e pesquisa etnográfica, procura-se mapear as principais dificuldades enfrentadas pelos alunos ao lidar com a escrita e a leitura no ambiente escolar e também fora dele, investigar quais são os gêneros mais frequentes nas práticas de leitura e escrita espontâneas dos alunos ao longo do Ensino Fundamental, analisar de que forma os diversos gêneros são apresentados pela primeira vez aos alunos na escola e, com isso, averiguar até que ponto os alunos têm consciência da natureza específica dos vários gêneros textuais quando de sua leitura ou escrita. O foco da pesquisa diz respeito ao que se pressupõe como habilidades que o aluno precisa adquirir ao longo dos anos de Ensino Fundamental e ao que se propõe desenvolver nele durante esse período de escolarização. Delineando-se um quadro do que efetivamente ocorre no que tange ao letramento dos alunos, busca-se contribuir para que se adotem novas posturas e se tomem novas atitudes quanto à preparação dos alunos para que sejam bem-sucedidos ao lidar com a escrita e a leitura no ambiente escolar e fora dele.

  • Pesquisador: Prof. Dr. Benedito Gomes Bezerra

 

5 - LEITURA E ESCRITA ACADÊMICA EM DIFERENTES ÁREAS DISCIPLINARES: UMA ABORDAGEM BASEADA EM GÊNEROS DISCURSIVOS/TEXTUAIS

A leitura e a escrita acadêmicas colocam questões próprias para os estudos da linguagem, em conexão com categorias como texto, gênero, discurso e letramentos. Essas questões demandam respostas que se mostrem pertinentes inclusive para os contextos disciplinares específicos em que são levantadas. Assim, este projeto tem por objetivo investigar os diversos aspectos dos processos de letramentos acadêmicos manifestos em práticas de leitura e escrita em textos de diferentes gêneros por professores/pesquisadores e alunos de diferentes cursos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado). A pesquisa se apoiará principalmente em análise de corpora de textos acadêmicos produzidos por alunos e professores/pesquisadores, inclusive para publicação em periódicos, e textos propostos para leitura nos processos de ensino-aprendizagem em diferentes disciplinas, além de entrevistas semiestruturadas a serem realizadas com alunos e professores/pesquisadores de diferentes cursos e áreas disciplinares. Tais materiais serão analisados à luz das teorias dos Novos Estudos de Letramento e dos Estudos Retóricos de Gêneros. Com os resultados da pesquisa, pretende-se contribuir para um diagnóstico da situação e das dificuldades de letramento acadêmico enfrentadas por estudantes de universitários nos níveis de graduação e pós-graduação, além de oferecer elementos para a adequada compreensão da natureza dos processos de letramento acadêmico.

  • Pesquisador: Prof. Dr. Benedito Gomes Bezerra

 

6 - A REPETIÇÃO TRANSFORMADORA EM AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM: A QUESTÃO DO “ESPELHO SONORO” NA FALA INFANTIL"

Neste Projeto de Pesquisa, propomo-nos, basicamente, investigar o lugar ocupado pela repetição de entidades sonoras, na fala infantil, no que concerne à mudança de posição da criança na sua relação com os sons da língua. Esse objetivo, por sua vez, decorreu de Projeto anterior (Carvalho, PQ-CNPq – 2017-2020), em que nos confrontamos com uma insistente repetição de segmentos sonoros nas produções verbais infantis, em um momento muito inicial da aquisição de linguagem, repetições que denominamos espelho sonoro interno. Para fundamentar esse objetivo, recorremos, então, a autores cujas propostas destacam a repetição com diferença, como produtora da transformação/metamorfose, na constituição do falante, fornecendo, assim, indicações da relevância deste estudo. Consideramos também importante investigar a maneira pela qual o outro (a mãe) interpreta o espelho sonoro interior à fala infantil e indagamos, ainda, se ocorre algum tipo de repetição no interior dos enunciados maternos dirigidos à criança. A fim de atingir os objetivos desta pesquisa, pretendemos, então, constituir um corpus – extraído de um Banco de Dados – a ser composto por produções verbais de três crianças, em diálogo espontâneo com suas mães, estando essas crianças, num intervalo de idade entre um ano e dois meses e três anos. Na análise e discussão dos resultados obtidos, a escuta será dirigida para as repetições sonoras que insistem na fala infantil (espelho sonoro interno) – considerando a relação dialógica com o outro (a mãe) – e focalizando nossa atenção em mudanças/transformações que possam ser indicadas a partir dessas repetições, desse espelho sonoro.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Glória Maria Monteiro de Carvalho

 

7 - ASPECTOS MORFOSSINTÁTICOS DA LINGUAGEM DE CRIANÇAS AUTISTAS: CONSOLIDAÇÃO DOS ESTUDOS NO ESTADO DE PERNAMBUCO

Na tentativa de compreender e analisar a natureza do homem, desde a Antiguidade, a linguagem fomenta discussões no meio científico, vinculando o sujeito ser e efeito da linguagem. Na contramão dos trabalhos que quase sempre recaem na discussão sobre a presença ou ausência da linguagem no autista, acreditamos que as produções linguageiras encontradas no autismo são marcadas pela aparente desconstrução de sentidos, porém conseguem seu entendimento quando nos remetemos ao contexto único e irrepetível da enunciação, identificando os sujeitos envolvidos no ato enunciativo e os referentes na prática social. A questão motivadora desta pesquisa gira em torno das tentativas de compreender os movimentos de linguagem que ocorrem no autismo, tendo como fundamento teórico o estruturalismo linguístico saussureano e seu desdobramento: a teoria da enunciação de Émile Benveniste, bem como a perspectiva gerativa de Noam Chomsky. Consolidar no interior de Pernambuco os estudos que investigam a linguagem no campo do autismo impulsiona esta pesquisa como uma das metas a serem alcançadas, juntamente com a realização de um estudo comparativo dos movimentos linguísticos (morfossintático, semântico e pragmático) entre grupos de crianças com diagnóstico de autismo residentes em Recife e Serra Talhada, e a promoção de reflexões em torno do processo de inclusão social e educacional por meio da linguagem. A proposta desta pesquisa é investigar a língua e a linguagem em seu uso singular pelo autista e as possíveis estratégias linguísticas utilizadas pelos participantes em momentos de interação. Para isso, será realizado uma pesquisa quantitativa e qualitativa, do tipo estudo de caso, fundamentada na linguística da enunciação representada pelos trabalhos de Émile Benveniste e na teoria gerativa de Noam Chomsky. As amostras linguísticas serão colhidas em Recife, no Grupo de Estudos e Atendimento ao Espectro do Autismo - GEAUT, PPGCL/UNICAP e na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) do município de Serra Talhada, sob a supervisão da Profa. Dra. Dorothy Bezerra Silva de Brito (UFRPE/UAST). A análise dos dados e estruturação da pesquisa ocorrerá no Laboratório de Linguagem do PPGCL/UNICAP. Acreditamos que ao final deste trabalho teremos aprofundado nossa compreensão sobre a arquitetura da linguagem no autismo e consolidado um grupo de pesquisa sobre o tema no município de Serra Talhada.
Financiador(es): Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco - Bolsa.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Isabela Barbosa do Rêgo Barros

 

8 - ASPECTOS DA LÍNGUA(GEM) NA PERSPECTIVA ENUNCIATIVA

Este projeto está vinculado ao grupo de pesquisa Linguagem, Distúrbio e Multidisciplinaridade, vinculado ao Cnpq. Tem como principal objetivo investigar a língua e a linguagem desviante e não desviante sob a interface dos estudos enunciativos de Émile Benveniste. Analisar os elementos que compõem a linguagem tornou-se linguisticamente possível após à apresentação que Ferdinand de Saussure realizou sobre a langue e a parole como sendo objetos concretos de análise linguística. Diante disso, podemos afirmar que a abordagem desses objetos no início do século XX, possibilitou desvendar, posteriormente, os processos ligados à linguagem e consequentemente à sua aquisição e relações de significação sob o olhar semântico e semiótico discutido por Émile Benveniste em sua teoria da enunciação.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Isabela Barbosa do Rêgo Barros

 

9 - FUNCIONAMENTO DA (LÍNGUA)GEM E FORMAÇÕES DO INCONSCIENTE EM SITUAÇÕES DE AQUISIÇÃO DE LINGUAGEM E EM OBRAS LITERÁRIAS

Trata-se de projeto dá continuidade às nossas pesquisas anteriores (Sujeito do inconsciente, discurso e inserção social em situações de aquisição e distúrbios de linguagem e Sujeito do inconsciente e funcionamento linguístico em situações de aquisição de linguagem e em obras literárias), uma vez que aborda questões levantadas pelos achados dessas pesquisas. Assim, aborda as relações entre o funcionamento (língua)gem e o funcionamento do inconsciente a partir da Linguística saussuriana e da teoria da linguagem que pode ser depreendida da obra de Freud bem como da obra de Lacan. Seu objetivo geral consiste em analisar a relação entre o funcionamento da (língua)gem e as formações inconscientes em situações de aquisição de língua escrita e estrangeira e em obras literárias. De forma mais específica, visa a: a) analisar a relação entre o funcionamento da (língua)gem e formações do inconsciente em produções textuais infantis; b) investigar a aquisição de uma língua estrangeira levando em conta o laço específico do sujeito com a língua materna, a partir dos conceitos pertinentes à linguistica saussuriana e as teorias de Freud e Lacan; c) analisar a relação entre o funcionamento da (língua)gem e as formações do inconsciente em obras literárias, considerando a linguística de Saussure, sobremaneira o seu trabalho sobre os anagramas.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Maria de Fátima Vilar de Melo

 

10 - ANÁLISE CRÍTICA DO DISCURSO DE ARTIGOS CIENTÍFICOS PRODUZIDOS NA INTERFACE ENTRE CIÊNCIAS SOCIAIS E CIÊNCIAS DA SAÚDE: FENOMENOLOGIA SOCIAL E ETNOMETODOLOGIA.

O diálogo interdisciplinar entre as Ciências Sociais e Ciências da Saúde, além de importante prática no processo de conhecimento acadêmico, pode ser relevante estratégia de Educação em Saúde, haja vista facilitar uma melhor comunicação entre a realidade do Mundo da Ciência e a realidade do Mundo da Vida. No campo das Ciências Sociais, destaca-se a Sociologia Compreensiva, cujo principal objeto é a compreensão da ação social. Distingue-se, portanto, do positivismo ao priorizar a subjetividade em relação à objetividade e a considerar a relevância do Senso Comum, desde que analisado cientificamente. Entre disciplinas que fazem parte da Sociologia Compreensiva, destacam-se a Fenomenologia Social, enquanto estudo da intersubjetividade presente na consciência social e a Etnometodologia, que procura analisar a lógica leiga das ações sociais. Nesse sentido, o objetivo geral desse projeto de pesquisa é um estudo sobre a produção de artigos científicos na interface entre Ciências Sociais e Ciências da Saúde, tanto no sentido amplo como Saúde Mental e Coletiva/Pública. Em se tratando da metodologia, será fundamentada na Análise Crítica do Discurso a partir do Modelo Tridimensional de Norman Fairclough através de uma articulação dialética entre Texto, Prática Discursiva e Prática Social. O corpus será selecionado a partir de artigos científicos de plataformas on line, entre 2000 a 2020, como Scielo, Google Acadêmico, PubMed, Portal Regional BvS, com os seguintes descritores: saúde and saúde mental and saúde pública and fenomenologia and etnometodologia and ciências sociais. As principais categorias analíticas são em termos descritivos, ano da publicação, periódico, instituição e estado da federação. Em termos linguísticos e analíticos: tema, argumentação, significado das palavras, metáforas, intertextualidade manifesta e latente, poder e ideologia.

  • Pesquisador: Prof. Dr. Moab Duarte Acioli 

 

11 - MOBILIZAÇÃO DE CONCEITOS EM ANÁLISE DO DISCURSO DE LINHA FRANCESA

Muito se fala em Análise do Discurso hoje. Ao mesmo tempo, é sempre necessário esclarecer de que posição se fala, quando o assunto é discurso, uma vez que há inúmeras teorias e procedimentos de análise diferentes. Assim, interessa-nos discutir a Análise do Discurso fundada por Michel Pêcheux, na França, e desenvolvida no Brasil por Orlandi e seguidores. Atualmente, a Análise do Discurso (AD) é estudada por vários profissionais de áreas diferentes e há grupos de estudos sobre AD em todo o Brasil. Com base nesse mo(vi)mento contemporâneo, buscamos analisar os conceitos fundadores da Análise do Discurso de linha francesa, tais como sujeito, discurso, língua, interdiscurso, formações discursivas, imaginárias, ideologia e sentido em discursos da mídia, da religião, da política, da mulher, entre outros. Para tanto, constituiremos recortes discursivos desses discursos e procuraremos analisá-los a partir dos procedimentos de análise da mesma teoria. Esperamos que este trabalho contribua para iluminar os estudos sobre a Análise do Discurso, que inclui, necessariamente, o sujeito e a linguagem em sua abordagem. Pensamos que o avanço desta pesquisa é a reflexão sobre os diversos conceitos da Análise do Discurso, considerando os efeitos de sentido diversos.

  • Pesquisador:  Profa. Dra. Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo

 

12 - DISTÚRBIOS DE LINGUAGEM SOB A ÓTICA LINGUÍSTICO-DISCURSIVA

O sujeito não é apenas aquele que apresenta um distúrbio de linguagem, mas também carrega consigo preconceitos e discriminação social, como no caso dos sujeitos com Gagueira e da linguagem do sujeito com Alzheimer ou com Afasia. O desafio a que nos propomos, neste trabalho, será o de analisar o discurso de sujeitos com distúrbios de linguagem diversos, como a gagueira, a Afasia e as alterações decorrentes da Síndrome de Alzheimer, bem como cuidadores desses sujeitos. Para tanto, constituiremos recortes discursivos de sessões realizadas e entrevistas, quando procuraremos compreender sujeito/linguagem a partir de seu funcionamento linguístico-discursivo. Utilizaremos os construtos teóricos de duas áreas da Linguística: a Aquisição de Linguagem (acreditamos que a compreensão da aquisição nos remete ao entendimento do processo de distúrbio, ?perda? ou deterioração da linguagem), através das formulações teóricas propostas pelos pesquisadores do Projeto Interacionista em Aquisição de Linguagem e da Análise de Discurso de linha francesa (AD). A AD será teoria e procedimento analítico da pesquisa. É possível que, a partir dos dados coletados e do estudo realizado sobre o tema, tenha-se uma boa compreensão sobre o funcionamento da linguagem dos sujeitos com distúrbios variados de linguagem, vistos sob a perspectiva linguístico-discursiva. 

  • Pesquisador:  Profa. Dra. Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo

 

13 - AQUISIÇÃO E DESVIOS DE LINGUAGEM NA PERSPECTIVA MULTIMODAL

A linguagem, em processo de aquisição ou em condição desviante, apresenta um funcionamento multimodal, no qual diferentes aspectos da linguagem, ou seja, gestos, produção vocal e olhar, podem coatuar na interação entre os sujeitos, contribuindo para a produção de sentido das mensagens compartilhadas entre os interlocutores em cenas interativas. Diante disso, este estudo propõe discutir aquisição e desvios de linguagem a partir da perspectiva linguística multimodal, de forma a compreender o funcionamento multimodal da linguagem desviante, bem como da linguagem sem desvios. Para atingir tal objetivo, analisaremos dados já coletados de grupos linguísticos distintos com ou sem desvio de linguagem; bem como dados de aquisição e de desvio de linguagem serão coletados em diferentes cenários interativos, incluindo ambiente domiciliar, escola e grupos específicos de atendimento de sujeitos com comprometimento linguístico, como atraso de linguagem secundário ao autismo e gagueira. Os sujeitos da pesquisa farão parte de grupos linguísticos: com ou sem desvio de linguagem e estarão na faixa etária entre 0 a 18 anos de idade. Os achados deste estudo poderão contribuir para a compreensão da aquisição e dos desvios de linguagem, como gagueira infantil e transtorno de linguagem secundário ao autismo, por exemplo, a partir da perspectiva linguística multimodal e favorecer a reflexão sobre o uso de estratégias terapêuticas e educacionais que promovam melhor funcionamento linguístico de sujeitos com desvio de linguagem.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Renata Fonseca Lima da Fonte

 

14 - ENSINO-APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA EM TECNOLOGIAS DIGITAIS MÓVEIS

O projeto se propo~e a investigar as contribuic¸o~es das Tecnologias Digitais Móveis (TDM) para o ensino de Língua Portuguesa (LP). Para tal fim, abordará os seguintes eixos de ensino: leitura e produção de textos, a partir do trabalho escolar com gêneros da linguagem e textos. Especificamente, desejamos: desenvolver atividades de leitura e de produção de textos para o ensino de Língua Portuguesa em dispositivos tecnológicos móveis; observar o modo como os sujeitos interagem com as TDM quando leem e escrevem; realizar e analisar intervenc¸o~es relacionadas a`s atividades de leitura e às atividades de produc¸a~o de textos no meio digital a partir de gêneros discursivos/textuais. Entendemos que novos cenários educativos podem surgir a partir do uso pedagógico das TDM, mais colaborativos e caracterizados: (i) pela mobilidade do aluno e da aprendizagem; (ii) pela portabilidade; (iii) pela possibilidade de interação em diferentes contextos, promovendo o desenvolvimento das competências necessárias aos letrados do séc. XXI. Fundamentada nas Teorias Sociointeracionista, de Gêneros Discursivos/Textuais e na Transposição Didática e Informática consideramos que as tecnologias digitais são meios de ensino e, como tal, produzem efeitos para o ensino-aprendizagem da Língua Portuguesa em instituições escolares. Metodologicamente, a pesquisa será qualitativa, do tipo pesquisa-ação e envolverá alunos do Ensino Fundamental, do Ensino Médio e do Ensino Superior de instituições de ensino do Recife, com a intenc¸a~o de investigar as contribuic¸o~es das Tecnologias Digitais Móveis (TDM) para o ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa nos eixos de ensino: leitura e produção de textos. As estratégias de ação previstas para a pesquisa envolvem propostas de intervenção e elaboração de material didático digital, e, ainda, acompanhamento longitudinal dos sujeitos envolvidos, com retorno aos sujeitos, às escolas participantes e à sociedade. Espera-se, com este projeto, contribuir com o estado da arte sobre as pesquisas que relacionam tecnologias digitais ao ensino de Língua Portuguesa, a partir dos resultados obtidos relacionados à: auto-organização, gerenciamento e autonomia dos discentes quando interagem com TDM, m-learning.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Roberta Varginha Ramos Caiado

 

15 - OBSERVATORIO DE LA DEMOCRACIA EN AMÉRICA LATINA

Las instituciones de educación superior están en el deber de contribuir a la comprensión del problema del desencanto democrático, a la identificación de formas de promover las reformas legales necesarias y a incidir en las políticas necesarias para la adecuada implementación de tales reformas. En tal sentido, desde la CPAL como en diversas asambleas de las Universidades latinoamericanas confiadas a la Compañía (AUSJAL) se há planteado la necesidad de desarrollar una investigación formal que permita caracterizar y evaluar la crisis de las democracias en los países de América Latina y el Caribe, con el fin de proponer y recomendar políticas públicas que contribuyan al fortalecimiento de la democracia, la institucionalidad del Estado de derecho y la gobernabilidad pública de los procesos tendientes a favorecer el desarrollo inclusivo y sostenible. El propósito general de esta investigación es doble: En primer lugar, generar información y análisis de la realidad actual de un grupo relevantes de países latinoamericanos, a los fines de que contribuir a que las instituciones de la Compañía de Jesús elaboren un plan de incidencia dirigido a partidos políticos, organizaciones internacionales, empresas, organizaciones sociales y ONG, entre otros actores. Adicionalmente, hacer recomendaciones dirigidas al fortalecimiento de la agencia y abogacía ciudadana a través de planes de formación ciudadana, vocería pública y programas de articulación de la sociedad civil. La investigación se pretende desarrollar en dos etapas: En una primera fase pretendemos un conjunto de objetivos dirigidos a profundizar en el abordaje teórico del problema planteado, la caracterización del contexto y de casos de países que sirvan de referentes y elaborar um conjunto de hipótesis de comprensión para finalizar en un recomendaciones para la acción. Aporte teórico (aprofundamento), caracterização do contexto, hipótesis de compreensão, recomendações para ação. Dado el carácter preliminar e indagatorio de este estudio, la segunda parte del trabajo se centra en aquellos países em los que, con base a eventos conocidos y recientes que evidencian la posible existencia de niveles preocupantes de desencanto con la democracia. En atención a este criterio, los países incluidos son: Argentina, Chile, Brasil, Colombia, Bolivia, Ecuador, México, El Salvador, Venezuela. La información correspondiente a estos países será compilada mediante preguntas abiertas dirigidas a especialistas de cada país usando un mismo cuestionario abierto con un número reducido de preguntas que indaguen sobre cada uno las cinco dimensiones del problema del desencanto democrático. A saber: El contexto institucional, La estructura social y económica, El papel de la comunicación interpersonal virtual, redes sociales e influencers, La violencia social y el crimen organizado, El rol político de los militares como factor de equilibrio o de agudización del desencanto con la democracia, El rol de los movimientos ciudadanos, Los determinantes del contexto geopolítico.

Financiador(es): Universidad Católica Andrés Bello - Cooperação.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Roberta Varginha Ramos Caiado

 

16 - CRISIS CULTURALES, INSTITUCIONALES Y SOCIALES DE LA DEMOCRACIA EN AMÉRICA LATINA: AMENAZAS Y OPORTUNIDADES PARA EL CAMBIO  (FINALIZADO EM 2020)

Las instituciones de educación superior están en el deber de contribuir a la comprensión del problema del desencanto democrático, a la identificación de formas de promover las reformas legales necesarias y a incidir en las políticas necesarias para la adecuada implementación de tales reformas. En tal sentido, desde la CPAL como en diversas asambleas de las Universidades latinoamericanas confiadas a la Compañía (AUSJAL) se há planteado la necesidad de desarrollar una investigación formal que permita caracterizar y evaluar la crisis de las democracias en los países de América Latina y el Caribe, con el fin de proponer y recomendar políticas públicas que contribuyan al fortalecimiento de la democracia, la institucionalidad del Estado de derecho y la gobernabilidad pública de los procesos tendientes a favorecer el desarrollo inclusivo y sostenible. El propósito general de esta investigación es doble: En primer lugar, generar información y análisis de la realidad actual de un grupo relevantes de países latinoamericanos, a los fines de que contribuir a que las instituciones de la Compañía de Jesús elaboren un plan de incidencia dirigido a partidos políticos, organizaciones internacionales, empresas, organizaciones sociales y ONG, entre otros actores. Adicionalmente, hacer recomendaciones dirigidas al fortalecimiento de la agencia y abogacía ciudadana a través de planes de formación ciudadana, vocería pública y programas de articulación de la sociedad civil. La investigación se pretende desarrollar en dos etapas: En una primera fase pretendemos un conjunto de objetivos dirigidos a profundizar en el abordaje teórico del problema planteado, la caracterización del contexto y de casos de países que sirvan de referentes y elaborar un conjunto de hipótesis de comprensión para finalizar en un recomendaciones para la acción. Aporte teórico (aprofundamento), caracterização do contexto, hipótesis de compreensão, recomendações para ação. Dado el carácter preliminar e indagatorio de este estudio, la segunda parte del trabajo se centra en aquellos países em los que, con base a eventos conocidos y recientes que evidencian la posible existencia de niveles preocupantes de desencanto con la democracia. En atención a este criterio, los países incluidos son: Argentina, Chile, Brasil, Colombia, Bolivia, Ecuador, México, El Salvador, Venezuela. La información correspondiente a estos países será compilada mediante preguntas abiertas dirigidas a especialistas de cada país usando un mismo cuestionario abierto con un número reducido de preguntas que indaguen sobre cada uno las cinco dimensiones del problema del desencanto democrático. A saber: El contexto institucional, La estructura social y económica, El papel de la comunicación interpersonal virtual, redes sociales e influencers, La violencia social y el crimen organizado, El rol político de los militares como factor de equilibrio o de agudización del desencanto con la democracia, El rol de los movimientos ciudadanos, Los determinantes del contexto geopolítico.

Financiador(es): Universidad Católica Andrés Bello - Cooperação.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Roberta Varginha Ramos Caiado

 

17 - ASPECTOS COGNITIVOS, SOCIAIS E PEDAGÓGICOS DA ALFABETIZAÇÃO E DO LETRAMENTO

O nível alfabético ortográfico, ou seja, a escrita segundo as normas, por motivos vários, entre eles os de natureza social, é uma exigência, sendo, desse modo, um conhecimento que todos os sujeitos alfabetizados devem alcançar. Todavia, o quadro que hoje se apresenta em nosso país revela uma porcentagem pequena de indivíduos adultos proficientes na escrita e na leitura, aproximadamente 8% da população. O motivo dessa deficiência, certamente, está na qualidade do ensino que é praticado nas escolas, mais especificamente na formação dos professores que, graduados em Pedagogia, tanto os alfabetizadores quanto os que atuam nas séries iniciais, não recebem a formação adequada no campo da linguística para desempenhar a tarefa de ensinar a ler e escrever com a devida proficiência. Em se tratando a escrita de uma tecnologia, bem como uma prática social de forma geral ensinada na escola, entende-se que há estratégias didáticas a serem aplicadas pelo professor no processo da alfabetização, no sentido de orientar os alunos desse período a fazer escolhas adequadas, segundo o padrão ortográfico ou com desvios propositais, dependendo do gênero pretendido. Desse modo, a relação entre professores e alunos na empreitada de (re)construir o conhecimento da escrita é uma questão importante, tendo em vista que de modo geral são os professores, mediam a aprendizagem da escrita e da leitura. Assim sendo, a presente pesquisa tem como objetivo investigar os aspectos cognitivos, sociais e pedagógicos relacionados ao processo de alfabetização e letramento, no sentido de promover uma discussão mais ampla na esfera acadêmica e social a respeito dessa questão. A metodologia aplicada é de natureza qualitativa, tendo em vista que os dados serão analisados por meio de microprocessos pertinentes à pesquisa. Os resultados esperados apontam para a elaboração e difusão de propostas, no sentido de contribuir para a formação de professores, bem como para a diminuição do problema do analfabetismo no país.

  • Pesquisador: Profa. Dra. Rossana Regina Guimarães Ramos Henz

 

18 - A COMUNICAÇÃO DE MINORIAS LINGUÍSTICAS: CONSIDERAÇÕES EDUCATIVAS, LINGUÍSTICAS E SOCIAIS

Trata-se de um tema que aborda  a comunicação de surdos, cegos, surdocegos, pessoas com deficiência intelectual e alguns transtornos ,na perspectiva inclusiva, procurando destacar alguns obstáculos que poderão ser superados além de buscar desenvolver o potencial que o grupo pode manifestar

  • Pesquisador: Profa. Dra. Wanilda Maria Alves Cavalcanti:

O Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem conta com os Laboratórios de:

  • Aquisição, Desenvolvimento e Distúrbios da Linguagem em suas diversas manifestações;
  • Laboratório de Distúrbios de Linguagem e
  • Laboratório de Processos de Organização Linguística e identidade social.

Além de dois Centros de Estudos, Afasia Gagueira que dão apoio ao Mestrado e ao Doutorado em Ciências da Linguagem. Cada um desses Laboratórios dispõe de ambiente específico para estudo e pesquisa (computadores, impressoras, biblioteca específica, sala de reunião) para  professores e alunos do Mestrado e do Doutorado. Os distúrbios são estudados à luz da perspectiva linguístico-discursiva. O centro de Estudos de Afasia e Gagueira, com projetos aprovados pelo CNPq , está totalmente equipado para o desenvolvimento de suas pesquisas que incluem professores e alunos do Mestrado e Doutorado, professores e alunos da graduação. O Centro de Estudos em Afasia e Gagueira teve projetos aprovados pelo CNPq, o que garantiu recursos materiais e a perspectiva de abertura de novos grupos no programa: o de idosos e o de crianças autistas, cujos trabalhos têm foco na linguagem.

Estes laboratórios funcionam no sétimo andar do Bloco G4. Eles reúnem docentes e discentes do Programa, bolsistas de Iniciação Científica e pesquisadores de outras instituições, que estão desenvolvendo pesquisas, cujos temas encontram-se vinculados às linhas de pesquisa do Programa.  Propicia debates dos projetos de pesquisa de seus participantes, promove seminários e eventos, fomenta a apresentação e publicação de trabalhos científicos.

Os alunos do Programa contam, ainda, com o Laboratório de Informática, situado no sétimo andar do G4, que tem 15 computadores com nova interface, inteiramente à disposição dos mestrandos para realização das suas pesquisas e trabalhos.

O PPGCL conta, ainda,  com o suporte de uma sala para realização de seminários e fóruns com mesa de reunião para trinta participantes, além de telão, recursos de Informática (um computador, uma impressora e um datashow), que funciona no sétimo andar do mesmo bloco; com uma sala de estar bastante ampla no terceiro andar; um mini-auditório com 75 lugares. Além disso,  ainda conta com um espaço próprio para pesquisadores no primeiro andar da Biblioteca Central (Estação Pesquisa).


Biblioteca Digital de Teses e Dissertações

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações em Ciências da Linguagem

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações de outros PPGs da Unicap

Biblioteca Digital de Teses e Dissertações por Áreas do CNPq

Biblioteca Central da Unicap

Devido a Pandemia do COVID-19 a Secretaria dos Cursos "Stricto Sensu" está adotando novos critérios para o recebimento da versão final das Dissertações e Tese.

- Orientações Gerais (Clicar aqui)

- Atualização de Cadastro (Clicar aqui)

- Termo de Autorização para Biblioteca (Clicar aqui)

- Solicitação de Diploma (Clicar aqui)

- Portaria - Entrega das Dissertações e Teses (Clicar aqui)


As atividades do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNICAP estão em consonância com diversas demandas da comunidade local e nacional. Priorizando a evolução de uma pesquisa consistente e a efetivação de uma extensão comprometida, fundamentada na ética, qualidade acadêmica visando à excelência humana, em consonância com a Missão e os princípios da UNICAP.

 

Serviços

O PPGCL através dos seus projetos de pesquisa e cônscio da sua responsabilidade social, busca a inclusão da comunidade, promovendo a indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão.

 

GRUPO DE ESTUDOS SURDOS (GES)

O nosso compromisso é marcado pela solidificação dos nossos grupos de extensão e pesquisa com a implementação do GRUPO DE ESTUDOS SURDOS (GES), cujo objetivo é desenvolver atividades com participantes surdos do Ensino Fundamental, como, também, realizar estudos com professores, alunos do Doutorado, Mestrado, PIBIC e Graduação, além de professores de outras instituições de Ensino Superior, interessados no tema. A orientação teórica volta-se para a perspectiva da educação bilíngue e de inclusão social de surdos, reconhecendo o status linguístico da Libras e sua importância para o desenvolvimento de práticas pedagógicas respeitando a materialidade linguística da Libras e a necessidade do ensino da língua portuguesa escrita. Paralelamente, estudos são realizados com a finalidade de refletir sobre a literatura e a cultura surda.

 

GRUPO DE CONVIVÊNCIA DE AFÁSICOS (GCA)

Encontra-se consolidado e atendendo ininterruptamente a comunidade local, o GRUPO DE CONVIVÊNCIA DE AFÁSICOS (GCA) do PPGCL, criado em 2005 e já teve três grandes projetos aprovados pelo CNPq.

 

GRUPO DE ESTUDOS E ATENDIMENTO À GAGUEIRA (GEAG)

Já se encontra consolidado, também, o GRUPO DE ESTUDOS E ATENDIMENTO À GAGUEIRA (GEAG). Atende crianças, adolescentes e adultos com esse distúrbio. Também, o GEAG já teve pesquisa fomentada pelo CNPq e mantém relação de pesquisa com a Universidade de Hannover, na Alemanha, com o pesquisador Joerg Mussman.

 

O GRUPO DE ESTUDOS E ACOLHIMENTO AO AUTISMO (GEAUT)

Voltado para atender as famílias e sujeitos autistas, tem a finalidade de promover o desenvolvimento da linguagem e facilitar a consequente inserção social do autista. A importância social e científica desse projeto de extensão reside no fato de que, esse grupo marcado pela dificuldade sintomática na linguagem, sociabilidade e uso da imaginação, encontra lacunas no acolhimento e entendimento de suas particularidades.

 

As pesquisas realizadas em nosso Programa de Pós-Graduação, em articulação com o Programa de Iniciação Científica e a Extensão Universitária, oportunizam a qualidade no atendimento dos grupos de convivência e oferecem contribuições para aprofundar os conhecimentos ligados às linhas de pesquisa do Programa.

 

Algumas dessas pesquisas indicaram propostas alternativas de intervenção que estão sendo utilizadas na assistência prestada às pessoas com surdez, autismo, afasia, gagueira, crianças com dificuldades de letramento, alterações da fala e linguagem, especificidades na aquisição de linguagem de cegos e surdocegos.

 

Outras resultaram na produção de softwares para apoiar o trabalho com pessoas com necessidades especiais, especialmente voltados para a aprendizagem.

 

Ao mesmo tempo, alunos criaram sequências didáticas para professores visando auxílio de professores em relação aos multiletramentos e Língua Portuguesa.

 

O Programa mantém, ainda, projetos de cooperação sistemática com a Superintendência de Apoio à Pessoa com Deficiência, através do desenvolvimento de pesquisas e iniciativas de formação de pessoal.

 

Oferta de cursos de curta duração e fóruns para discussões temáticas, contribuindo para a aproximação da Universidade com a sociedade.

 

Nessa linha de trabalho, a UNICAP, através dos professores que participam do Núcleo de Apoio ao Discente e Docente - NADD - dentro do Programa de Inclusão - procura criar e desenvolver um ambiente de acessibilidade e políticas afirmativas para todos os que apresentam problemas temporários e/ou permanentes.

 

Dada à interdisciplinaridade que caracteriza a área de concentração do Programa em Ciências da Linguagem, ele vem contribuindo para uma mudança na perspectiva de tratamento das questões da linguagem, formando mestres com trabalhos de pesquisa que têm proporcionado uma atualização em relação a novos modelos de análise, bem como novas formas de tratamento de dados linguísticos e aprofundamento em questões teóricas relevantes ao seu desempenho. Percebe-se um interesse cada vez maior por estudos mais aprofundados da linguagem, desde a mais tenra idade até a idade adulta, por profissionais que lidam com esse objeto em diferentes áreas do conhecimento e refletem a preocupação em conhecê-lo para poder melhor lidar com suas várias realizações no espaço social.


Intercâmbios, em âmbito Nacional, propiciados pelo Programa Nacional de Cooperação Acadêmica - PROCAD – Edital nº 071/2013, “Diálogos em Linguística: do Formal ao Discursivo”:

  • MISSÃO 1 – Intercâmbio UNICAP/UCPEL

Oficina: “Sequências Didáticas em Tecnologia Móvel Digital”
Ministrante: Profa. Dra. Roberta Varginha Ramos Caiado
Período: março/2016.

  • MISSÃO 2 – Intercâmbio UFPB/UNICAP

Seminário:  “Sociolinguística e Variação Fonológica”
Ministrante: Prof. Dr. Dermeval da Hora
Período: junho/2016.

  • MISSÃO 3 – Intercâmbio UNICAP/UFPB

Minicurso: “Diversidade linguística: aspectos comunicativos”
Ministrante: professoras Dra. Isabela do Rêgo Barros e Wanilda Cavalcanti
Período: agosto/2016.

  • *MISSÃO 4 – Intercâmbio UCPEL/UFPB/UNICAP

Minicurso: “Linguística Aplicada e Estudos Bakhtinianos hoje”
Ministrante: Prof. Dr. Adail Sobral e Karina Giacomelli,
IES de origem: UFPEL e pós-doutoranda na UCPEL
Período: setembro/2016.

  • *MISSÃO 5 – Intercâmbio UCPEL/UNICAP

Minicurso: ”Produção e Uso de Recursos Educacionais Abertos (REAs) no Ensino e Aprendizagem de Línguas”
Ministrante: prof. Vilson José Leffa e o sr. Alan Ricardo Costa, na Universidade Católica de Pernambuco
Período: setembro/2016.

  • *MISSÃO 6 – Intercâmbio UCPEL/UFPB/UNICAP

Evento: VIII Seminário Nacional sobre Linguagem e Ensino: linguagem, identidade e práticas sociais – SENALE.
Mesa Redonda: "Diálogos em Linguística: do Formal ao Discursivo"
Coordenação: Dr. Carmen Lúcia Barreto Matzenauer (UCPEL)
Palestrantes: a) Dr. Camila Lawson Scheiffer (UCPel) | Qual é o espaço das pesquisas em linguagem e tecnologia?; b) Profa. Dr. Marianne Cavalcante (UFPB) | Contribuições dos estudos multimodais para as pesquisas em aquisição da linguagem; c) Profa. Dra. Nadia Azevedo (UNICAP): Linguagem e discurso na afasia.
Período: novembro/2016.

Seminário: “A pergunta que Saussure deixa sobre a fala e como outros autores a acolhem”. Ministrante: Profa. Dra. Francisa Lier-DE VITTO, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Período: dezembro/2016.

Intercâmbios nacionais também foram propiciados pela participação dos docentes em Grupos de Trabalho da ANPOLL, participação em eventos relevantes da Área de Letras e Linguística, tais como ABRALIN, GELNE, INPLA, participação em bancas como avaliadores externos (inclusive por Skype, o que propicia o intercâmbio nacional em tempos economicamente desfavoráveis.

MISSÃO 1 – Intercâmbio UNICAP/UCPEL

  • Profa. Dra. Roberta Varginha Ramos Caiado

MISSÃO 2 – Intercâmbio UFPB/UNICAP

  • Prof. Dr. Dermeval da Hora

MISSÃO 3 – Intercâmbio UNICAP/UFPB

  • Profa. Dra. Isabela do Rêgo Barros
  • Profa. Dra. Renata Fonseca Lima da Fonte
  • Profa. Wanilda Cavalcanti

MISSÃO 4 – Intercâmbio UCPEL/UFPB/UNICAP

  • Prof. Dr. Adail Sobral e Karina Giacomelli

MISSÃO 5 – Intercâmbio UCPEL/UNICAP

  • Prof. Vilson José Leffa
  • Sr. Alan Ricardo Costa

MISSÃO 6 – Intercâmbio UCPEL/UFPB/UNICAP/PUC-SP

  • Profa. Dra. Carmen Lúcia Barreto Matzenauer (UCPEL)
  • Profa. Dra. Camila Lawson Scheiffer (UCPel)
  • Profa. Dra. Francisa Lier-DE VITTO (PUC-SP)
  • Profa. Dra. Marianne Cavalcante (UFPB)
  • Profa. Dra. Maria Otilia Guimarães Ninin (PUC-SP)
  • Profa. Dra. Nadia Azevedo (UNICAP)

MISSÃO 1 – BOLSISTAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA

  • José Deivisson Andrade de Souza (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UCPEL
  • Neyrielly Fernandes de Lacerda Silva (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UCPEL
  • Fernanda de Farias Martins (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UFPB

 MISSÃO 2 – MESTRANDOS

  • Flávio Rômulo Alexandre (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UCPEL
  • Laílson de Holanda Cavalcanti (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UFPB
  • Leni Rejane da Costa (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UFPB

  MISSÃO 3 – DOUTORANDOS

  • Claudemir dos Santos Silva (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UCPEL
  • Alexcina Oliveira Cirne Vieira da Cunha (UNICAP): intercâmbio a ser realizado na UCPEL

O PPG em Ciências da Linguagem vem desenvolvendo Acordo de Cooperação interinstitucional com instituições internacionais, com vistas a intercâmbios, proporcionando discussões teóricas, realização de pesquisas comuns, organização e autoria de livros, capítulo de livros, bem como outras atividades acadêmicas.

Merecem destaque:

  • Estágio pós-doutoral da profa. Dra. Maria de Fátima Vilar sob supervisão do prof. Dr. Pierre-Yves Testenoire (mestre de conferência em Ciências da Linguagem na Université Paris III – Sorbonne e membro do Laboratório de Histórias das Teorias Linguísticas. Tema do projeto: Consequências linguísticas dos anagramas de Ferdinand de Saussure. A referida professora, ainda, fez parte de uma mesa redonda, na Université Catholique de l'Ouest.
  • Programa Escola de Altos Estudos da CAPES, “O plano metalinguageiro do dizer”, coordenado pela profa. Dra. Dóris de Arruda Carneiro da Cunha, em parceria com Jacqueline Authier-Revuz, da Université Sorbonne Nouvelle - Paris.
  • O Programa CAFECUB, coordenado, no Brasil, pela profa. Dra. Dóris de Arruda Carneiro da Cunha, intitulado “Representação do Discurso Outro (RDA) e discursividade escrita: estudo comparativo em francês, espanhol e português brasileiro”, em parceria com a Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3 e financiado pelo Programa CAPES-COFECUB. A equipe francesa é composta por Jacqueline Authier-Revuz e Claire Doquet (coordenadora), da Sorbonne Nouvelle, e Julie Lefebvre e Frédérique Sitri da Université Paris Ouest – Naterre la Défense.

 

ACCORD-CADRE DE COOPÉRATION/ MEMORANDO DE ENTENDIMENTO ACADEMICO, CIENTIFICICO E CULTURAL entre a Université Côte D’Azur (Nice – França) e a Universidade Católica de Pernambuco/ PPGCL (Recife – Brasil): Os parceiros buscam promover sua cooperação e suas trocas em matéria de ensino e de pesquisa, através de: I – colaboração e troca de informações sobre projetos, publicações, trabalhos e programas de estudos, ensino, pesquisa/investigação, inovação, extensão universitária e eventos; II - elaboração de projetos, trabalhos e programas de estudos, ensino, pesquisa/investigação, inovação, extensão universitária e eventos; III - permuta de equipamentos e material bibliográfico; IV - troca de experiências e informações pedagógicas; V – intercâmbio e visitas de professores, investigadores, estudantes, especialistas e técnicos administrativos; VII – definição de regras e condições de acesso recíprocas a cursos de pós-graduação ofertados pelas partes convenentes; VIII - presença recíproca em debates, conferências ou simpósios de mútuo interesse; IX – colaboração em projetos internacionais financiados.

 

EM PORTUGUÊS - Falar, Viver e Pensar no Século XXI (Angola, Brasil, Cabo Verde, Macau/China, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor): Coordenação Universidade Católica Portuguesa - Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa. Este projecto assenta numa parceria entre universidades e investigadores dos países de língua e cultura de expressão portuguesa:
Universidade Católica Portuguesa (Portugal)
Universidade Católica de Pernambuco (Brasil)
Universidade de São José (Macau/China)
Universidade Nacional de Timor-Lorosae (Timor)
Universidade de Cabo Verde (Cabo Verde)
Universidade Católica de Angola (Angola)
Universidade Católica de Moçambique (Moçambique)
Universidade Eduardo Mondlane (Moçambique)
Universidade Lusíada de São Tomé e Príncipe (São Tomé e Príncipe)
A Universidade Católica Portuguesa, através do Centro de Estudos dos Povos e Culturas de Expressão Portuguesa (UCP/CEPCEP) leva a cabo, em parceria com países de língua e cultura de expressão portuguesa o projecto Em Português - Falar, Viver e Pensar no Século XXI.
O que é viver no século XXI, tendo como matriz, como língua oficial ou língua e universo do dia-a-dia, a língua e as culturas de expressão portuguesa? O objetivo deste projeto é pensar e influenciar a realidade global a partir dos povos, das culturas e dos países que têm a língua portuguesa como língua de base, língua e cultura de experiência intercultural, no mais fundamental como modelo de acesso à realidade.
Num quadro filosófico-científico que defende a linguagem e a cultura como fundamento da realidade, este projeto questiona o que é habitar, trabalhar, pensar, viver em português no mundo global. Sob um prisma científico, o projecto visa debater a vida em português a partir do mundo global de hoje, descentrando a reflexão de contextos geográficos ou nacionais e centrando-a na língua, na sua modelação da experiência humana, na história e na maneira de ser dos povos, nas culturas enquanto
pontes de futuro. Pretende-se ainda que este projecto, através das entidades que nele colaboram, e de outras que se venham a juntar, lance novos projectos de investigação internacionais no quadro das temáticas em análise.
Um primeiro resultado deste projecto é a publicação em 2022 de uma obra sobre a temática em causa, contando com autores da Europa, na América do Sul e do Norte, de África e da Ásia. Esta obra será lançada em meados de 2022. Em 2023 será realizado em Lisboa, na UCP, o primeiro Congresso ‘Em Português – falar, viver e pensar no século XXI’. Trata-se de um encontro que se pretende possa vir a realizar-se de dois em dois anos por todo o mundo de língua e expressão portuguesa.

 

Proyecto de Investigación: Crisis culturales, institucionales y sociales de la democracia em América Latina - amenazas y oportunidades para el cambio: Las instituciones de educación superior están en el deber de contribuir a la comprensión del problema del desencanto democrático, a la identificación de formas de promover las reformas legales necesarias y a incidir en las políticas necesarias para la adecuada implementación de tales reformas. En tal sentido, desde la CPAL como em diversas asambleas de las Universidades latinoamericanas confiadas a la Compañía (AUSJAL) se ha planteado la necesidad de desarrollar una investigación formal que permita caracterizar y evaluar la crisis de las democracias en los países de América Latina y el Caribe, con el fin de proponer y recomendar políticas públicas que contribuyan al fortalecimiento de la democracia, la institucionalidad del Estado de derecho y la gobernabilidad pública de los procesos tendientes a favorecer el desarrollo inclusivo y sostenible.
El propósito general de esta investigación es doble: 1. En primer lugar, generar información y análisis de la realidad actual de un grupo relevantes de países latinoamericanos, a los fines de que contribuir a que las instituciones de la Compañía de Jesús elaboren un plan de incidencia dirigido a partidos políticos, organizaciones internacionales, empresas, organizaciones sociales y ONG, entre otros actores. 2. Adicionalmente, hacer recomendaciones dirigidas al fortalecimiento de la agencia y abogacía ciudadana a través de planes de formación ciudadana, vocería pública y programas de articulación de la sociedad civil. 
La investigación se pretende desarrollar en dos etapas: En una primera fase pretendemos un conjunto de objetivos dirigidos a profundizar en el abordaje teórico del problema planteado, la caracterización del contexto y de casos de países que sirvan de referentes y elaborar un conjunto de hipótesis de comprensión para finalizar en un recomendaciones para la acción. En concreto nos planteamos los siguientes objetivos en esta primera etapa:1. Caracterizar los enfoques del problema del desencanto democrático a partir de la puesta al día del problema con base en el revisión exhaustiva de la literatura especializada. 2. Documentar detalladamente el desencanto con la democracia en América Latina, desde una perspectiva histórica y considerando sus variantes dentro de la región, con base en el análisis cualitativo y cuantitativo de la información
empírica disponible a partir de estudios de casos y bases de datos estadísticas sobre calidades y variedades de la democracia. Señaladamente, se emplearán los datos aquellos provistas por Latinobarómetro, el Proyecto Variedades de la Democracia (V-DEM), la Base de Datos Políticos de las Américas, las bases de datos del Institute for Democracy and Electoral Assitance (IDEA), la base de Indicadores Mundiales de Governanza del Banco Mundial, entre otras fuentes de datos. 3. Caracterizar la situación actual y la evolución histórica de los países de mayor interés con base en consultas a expertos nacionales a partir de um cuestionario de preguntas abiertas sobre el desencanto democrático en sus respectivas sociedades. En principio, el numero mínimo de expertos será igual a nueve. Los países de interés identificados a priori sobre la base del conocimiento los eventos mas recientes son Argentina, Brasil, Bolivia, Chile, Colombia, Ecuador, El Salvador, México y Venezuela. 4. Arrojar conclusiones y proponer recomendaciones que fundamenten y justifiquen de la importancia de implementar acciones dirigidas a incidir en la toma de decisiones políticas y gubernamentales, en la formulación de políticas publicas, y en los comportamientos de las organizaciones sociales, laborales, empresariales y ONG, así como programas de formación política y ciudadana.
Los resultados de esta etapa nos indicarán cómo continuar el proceso de investigación o si más bien se deriva el curso de acción hacia la elaboración de programas de acción.
La investigación será llevada a cabo por la Universidad Católica Andrés Bello, a través de un equipo de especialistas provenientes de sus centros e institutos especializados, así como en colaboración con otros investigadores provenientes de otras universidades y centros de pensamiento radicados fuera y dentro del país.

Profa. Dóris de Arruda Carneiro da Cunha (2000):  é membro, desde a sua criação em 2000, do Ci-dit (Groupe international et interdisciplinaire de recherche sur le discours rapporté), um grupo de pesquisa internacional, que reúne especialistas sobre a circulação dos discursos visando a articular a história, a teoria e as práticas do discurso reportado. Páginas do grupo: www.ci-dit.com e  https://www.facebook.com/Ci-dit-484661485036391/.

Profa. Sandrine Reboul–Touré (2015): professora da Université Sorbonne Nouvelle /Paris 3, França. Ministrou o seminário “As novas formas de divulgação científica na internet: uma análise do discurso em mutação”, no âmbito do Projeto Capes-Cofecub: Representação do Discurso Outro e discursividade escrita: estudo comparativo em francês, espanhol e português brasileiro.

Profa. Dóris de Arruda Carneiro da Cunha (2015): participou como convidada do evento “Points de vue et modes de réception dans la presse brésilienne on line, na Journée d'études: dialogue, genres, concepts”, realizado na Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3, França;

- Proferiu a conferências Une approche dialogique de la notion de point de vue (palestra para os Professores do Programa de Pós-Graduação: Langage et langues: description, théorisation, transmission. Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3, França ;

- Participou como avaliadora externa em banca de tese: « Droite » et « gauche » dans les discours d’un événement électoral. Une étude sémantique et contrastive. Les élections présidentielles de 2002 au Brésil et de 2007 en France/ “Direita” e “esquerda” nos discursos de um acontecimento eleitoral. Um estudo semântico e comparativo das imprensas brasileira e francesa, da doutoranda, Michele Pordeus Ribeiro, Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, França.

Profa. Maria de Fátima Vilar de Melo (2016): realizou estágio pós-doutoral na Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, PARIS 3, França, sob a supervisão do  Prof. Dr. Pierre-Yves Testenoire.

Profa. Sophie Moirand (2016): professora da Université Sorbonne Nouvelle – Paris 3, França. Proferiu a conferência “Sens, memoire et emotion dans les genres de la presse : a propos de la crise des migrants en Europe”.

Profa. Glória Maria Monteiro de Carvalho (2017): coorientou a doutoranda Amélia Silva, na Universidad Nacional de Rosario, Facultad de Humanidades y Artes, Escuela de Posgrado, Doctorado em Humanidades y Artes com Mención em CS de la Educación, Cohorte Especial, Argentina.

Prof. Dr. Pierre-Yves Testenoire (2018): professor da Université Paris-Sorbonne /ESPE de Paris, França. Ministrou a disciplina Seminário “Les Actualités de Ferdinand de Saussure”.

Mia Couto (2019, Luanda/Angola): o escritor angolano participou do evento “Dois dedos de prosa”. Evento realizado pelo PPGCL em parceria com a graduação de Letras e o Instituto Humanitas UNICAP.

Prof. Jean-Michel Vivès (2019): professor da Université Côte d’Azur, França. Ministrou a palestra “Não havia outra escolha possível: conformismo, conformidade e confirmação. Uma abordagem psicanalítica do devir-persistente ou do devir-desistente” e participou da banca de defesa pública de Tese da aluna Elisângela Maria da Silva.

Prof. Teun A. van Dijk (2020): professor da Universitat Pompeu Fabra, Espanha. Coorientou em estágio pós-doutoral a Tese da aluna Verônica del Pilar Proaño de Fox, estando presente na banca de defesa pública da aluna, por meio remoto Google meet. Em Prof. André Luís de Araújo (2021) realizou estágio pós-doutoral pós-doutoral em Teoría de la Literatura y Literatura Comparada, na Facultad de Filología - Universidad de Salamanca, Espanha, sob a supervisão de Ascensión Rivas Hernández. 

Prof. André Luís de Araújo (2021): realizou estágio pós-doutoral pós-doutoral em Teoría de la Literatura y Literatura Comparada, na Facultad de Filología - Universidad de Salamanca, Espanha, sob a supervisão de Ascensión Rivas Hernández. 

Alexandre Duarte Gomes

Seguiu para a França, em 2018, para um estágio de seis meses na Université Lumiére Lyons II, sob a orientação da Profa. Dra. Maria da Conceição Coelho Pereira, através do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE/CAPES).

Verônica Del Pilar Proaño de Fox

Em 2018, realizou doutorado sanduíche na Universidade Pompeu Fabra, em Barcelona na Espanha, por seis meses, sob a orientação do renomado Prof. Dr. Teun van Dijk, através do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE/CAPES).

Andrea Moreira Gonçalves de Albuquerque

Por meio do Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior (PDSE/CAPES), a aluna, seguiu para Itália em outubro de 2019, para um período de seis meses de estágio, no Instituto Universitário Sophia, no município de Figline e Incisa Valdarno, sob a orientação do Prof. Dr. Marco Martino.

Dalexon Sérgio da Silva

Comunicamos a aprovação do candidato, Dalexon Sérgio da Silva, do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da Universidade Católica de Pernambuco, à bolsa CAPES PDSE para doutoramento na modalidade “sanduíche”, sob orientação, no Brasil, da Profa. Dra. Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo e supervisão do estágio em Portugal do Prof. Dr. José Eduardo Franco (Universidade Aberta de Lisboa), pelo período de 12 meses, a partir de abril de 2017.

Maria das Dores Andrade de Barros

A mestranda, escritora e professora universitária Maria das Dores Andrade de Barros participará do II Festival de Poesia de Lisboa, a ser realizado dia 09 de setembro de 2017, no Centro Cultural de Belém – Lisboa. Ela participará das atividades propostas pela equipe da Helvetia Edições, dentre elas: palestras, oficinas, lançamentos de livros e cerimônia de certificação e premiação.


>Antonio Henrique Coutelo de Moraes | E-mail: antonio.moraes@unicap.br Lattes
> Benedito Gomes Bezerra |E-mail: benedito.bezerra@unicap.br | Lattes [+]> Elaine pedreira Daróz | E-mail: elaine.daroz@unicap.br | Lattes > Francisco Madeiro Bernardino Junior | E-mail: francisco.madeiro@unicap.br | Lattes
> Karl Heinz Efken | E-mail: karl.efken@unicap.br | Lattes [+]
> Glória Maria Monteiro de Carvalho | E-mail: gloria.carvalho@unicap.br | Lattes
> Isabela Barbosa do Rêgo Barros | E-mail: isabela.barros@unicap.br | Lattes
> Maria de Fátima Villar de Melo | E-mail: fatima.melo@unicap.br | Lattes
> Moab Duarte Acioli | E-mail: mbacioli@unicap.br | Lattes
> Nadia Pereira da Silva Gonçalves de Azevedo | E-mail: nadia.azevedo@unicap.br | Lattes
> Renata Fonseca Lima da Fonte | E-mail: renata.fonte@unicap.br | Lattes
> Roberta Varginha Ramos Caiado | E-mail: roberta.caiado@unicap.br | Lattes
>Rossana Regina Guimarães Henz|E-mail: |rossana.henz@unicap.br Lattes
>Wanilda Maria Alves Cavalcanti | E-mail: wanilda.cavalcanti@unicap.br | Lattes

Doutorado

Mestrado

Albertina Maria de Melo Tenorio
Alexandre Duarte Gomes
Alexcina Oliveira Cirne
Andrea Moreira Goncalves de Albuquerque
Angela Alves de Araujo Barbosa
Antonio Henrique Coutelo de Moraes
Arthur de Araujo Filgueiras
Austriclinio Bezerra de Andrade Neto
Claudemir dos Santos Silva
Dayvesson Deleon Bezerra da Silva
Edivaldo Ferreira de Arruda
Elisabeth Cavalcanti Coelho
Elisangela Maria da Silva
Enio Luiz Costa Tavares
Erika Caroline de Oliveira Cavalcanti
Fabione Gomes da Silva
Fanuel Melo Paes Barreto
Fernanda Pinheiro de Souza e Silva
Flavio Romulo Alexandre do Rêgo Barros
Francilene Leite Cavalcante
Francisco Santana de Oliveira
Gesilda Marques da Silva Ramos
Herman Wagner de Freitas Regis
Iana Maria de Carvalho Alves
Idjane Mendes de Freitas Macedo
Ina Mirely Oliveira da Rocha
Iraci Nobre da Silva
Janaina de Holanda Costa Calazans
Jean Marcelo Barbosa de Oliveira
Jennifer Patricia de Araujo
John Helio Porangaba de Oliveira
Jose Batista de Barros
Jose Reginaldo Gomes de Santana
Jose Sales de Franca Vidal
Josiane Almeida da Silva
Karla Epiphania Lins de Gois
Karla Simoes de Andrade Lima Bertotti
Kelly Cristine Martins dos Santos
Leusa Cristina Bezerra dos Santos
Luciano Taveira de Azevedo
Magda Wacemberg Pereira Lima Carvalho
Marcelo Leonardo Ximenes
Marcia Ivo Braz
Maria do Carmo Gomes Pereira Cavalcanti
Maria Jose Cavalcanti de Andrade
Maria Ladjane dos Santos Pereira
Michele Elias de Carvalho
Milene Bazarim
Monika Lira Malhoit
Niege da Rocha Guedes
Odalisca Cavalcanti de Moraes
Paula Roberta Paschoal Boulitreau
Renata Monteiro Mendes Campos
Richardson Silva
Roberto Carlos de Santana Jesus
Robson Tavares de Melo
Rodrigo Duguay da Hora Pimenta
Rozimare Ribeiro Sales
Sandra Maria de Lima
Severino Carlos da Silva
Sueli Fernandes da Silva Rached
Vera Lucia Santos Alves
Veronica Del Pilar Proano de Fox
Veronica Maria Brayner de Oliveira Lira
Victor Hugo d Albuquerque Lima

Alice Claudina dos Santos
Ana Marcia Braga de Amorim
Ana Maria Paixao Felix
Caroline Gleyce do Nascimento de Oliveira
Cilene da Silva Abreu
Cirana Raquel Vasconcelos Dantas
Claudete Santana de Assis
Claudia Simone Cavalcanti
Daniel Franca da Rocha
Darlene Ribeiro da Silva Andrade
Dayse Limeira Martins
Debora Uchoa Carneiro Cardoso
Emidio Giuseppe Pinheiro Misici
Enedina Soares da Silva
Geovana Germano Soares Velez
Heline Amorim Lemos
Hielly Sales Dias
Hilda Maria Juca Rodrigues
Ivanise Barbosa Maia Santos
Janiely Tinoco Rapozo
Jarlene Gomes Alves
Jose Deivisson Andrade de Souza
Jose Ferreira de Oliveira Sousa
Jose Jaime Martins dos Santos
Josemeire Caetano da Silva
Julio de Oliveira Lima
Kesia Vanessa Nascimento Da Silva
Kylzia Andrea Azevedo Pereira
Luiza Gorete Cavalcante Ferreira
Manoel Klebson de Andrade Oliveira
Marcia Mesquita Monte
Maria Das Dores Soares Da Silva
Maria de Lourdes Alves Arruda
Maria Eduarda Oliveira da Costa
Maria Ligia Ramos Bezerra Cavalcanti
Nadia Maria Soares de Oliveira Amaral
Nivia Maria de Oliveira Nogueira
Pedro Henrique Lacerda de Melo
Rafaela Cristina Alves Pereira Lins Gomes
Raissa Castro Camilo dos Santos
Rene Ribeiro Hutzler
Ricardo Joao Fidelis de Araújo
Roseli Wanderley de Araújo serra
Rosely de Sousa lima
Sandra rosa de Magalhaes Souza
Simone Frye Peixoto
Suenia Roberta Vasconcelos da Silva
Wedja Nivea da Silva Cavalcanti
Yanne Maria Araújo Nocrato

 

Perfil do Egresso

O perfil do profissional a ser formado pelo PPGCL está fundamentado nas competências de pesquisador e de docente em nível superior. Este perfil deve resultar no domínio teórico contemporâneo das diferentes áreas da Linguística; no domínio prático para atuar em atividades de Ensino, Pesquisa e Extensão à luz dos métodos e técnicas necessárias às atividades de pesquisa como docente e pesquisador em Instituições de Ensino Superior; no domínio ético relacionado ao tratamento, cuidado e respeito aos seres humanos, dados e processos da pesquisa.

Bom relacionamento

Dentre as dimensões da avaliação institucional, o acompanhamento de egressos constitui-se em recurso fundamental à construção de indicadores e políticas que possibilitam o aprimoramento das ações institucionais, tanto acadêmicas quanto comunitárias. Neste sentido, o Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem da UNICAP, objetivando manter um vínculo contínuo com seus ex-alunos, estabeleceu um canal de comunicação no site do Programa, estimulando o convívio universitário e a troca permanente de informações entre egressos, alunos e a Universidade.

Os egressos do PPGCL vêm participando de concursos públicos federais, estaduais e municipais, e contamos com um número considerável de ex-alunos professores nos Institutos Federais, na UFPE, UFPB, UFC, entre outras instituições superiores de ensino público e privado. Grande parte dos professores do curso de Fonoaudiologia das Universidades Federais de Pernambuco e da Paraíba foram graduados na UNICAP e fizeram Mestrado em Ciências da Linguagem em nossa IES. Alguns egressos ocupam cargos administrativos em instituições de ensino, pois, comprovadamente, têm muito a contribuir.

Assim, sobre os egressos titulados em 2015-2016, temos o seguinte quadro de ingresso no PPGCL (seleção 2016-2017), nos cursos de Doutorado e Mestrado respectivamente:

Egressos do Mestrado que estão no Doutorado

  • Os egressos do Programa que realizaram a Seleção para a 2ª Turma de Doutorado em Ciências da Linguagem e foram aprovados na seleção: Magda Wacemberg Pereira Lima, Cristiane Renata da Silva, Sueli Fernandes da Silva Rached, Elisângela Maria da Silva, Andréa Francisca da Luz, Junior Antonio da Silva Gomes, Maria do Carmo Gomes Pereira, Alexcina Oliveira Cirne Vieira da Cunha, Michelle Elias de Carvalho, Emanuel Artur de Albuquerque, Robson Tavares de Melo, Renata Monteiro Mendes Campos, Maria José Cavalcanti Andrade.
  • Os egressos do Programa que realizaram a Seleção para a 3ª Turma de Doutorado em Ciências da Linguagem e foram aprovados na seleção: Claudemir dos Santos Silva, José Batista de Barros, Fernanda Pinheiro de Souza e Silva, Josiane Almeida da Silva, Jorge Francisco da Silva, Roberto Carlos de Santana Jesus e Karla Epiphania Lins de Goís.

Egressos do curso de Letras UNICAP que estão no Mestrado

Os egressos do curso de Letras, que realizaram a Seleção para a 15ª Turma de Mestrado em Ciências da Linguagem e foram aprovados na seleção: Flávio Rômulo Alexandre, Naftaly de Queiroz da Costa, Simone Mendes da Silva Nóbrega, todos os discentes relacionados foram bolsistas de iniciação científica na graduação.

Os egressos do curso de Letras e Fonoaudiologia, que realizaram a Seleção para a 16ª Turma de Mestrado em Ciências da Linguagem e foram aprovados na seleção: Ana Márcia Braga de Amorim e Marcela Gomes Barbosa.

Conheça algumas produções de egressos da UNICAP

Cristiane Renata da Silva Cavalcanti [+] Produção
Enio Luiz Costa Tavares [+] Produção
Evilasio dos Santos Silva [+] Produção
Francisco Santana de Oliveira [+] Produção 
Heloisa Pedrosa de Araujo [+] Produção
Izabelly Correia dos Santos [+] Produção 
Janine Magaly Arruda Tavares [+] Produção
Jose Batista de Barros [+] Produção
José Reginaldo Gomes de Santana [+] Produção
Karla Simões de Andrade Lima Bertotti [+] Produção
Keyla Maria Santana da Silva [+] Produção
Luiz Eduardo Cerquinho Cajueiro [+] Produção
Michelle Melo Gurjão [+] Produção
Sandra Maria de Lima Alves [+] Produção 
Saulo Albino da Silva [+] Produção
Valdilene Fabricio de Menezes [+] Produção

Turmas de Egressos do Mestrado

13ª TURMA - 2014
Ana Claudia Soares de Paiva
Ana Karla Lemos Byron de Lima
Andréa Francisca da Luz
Andrea Maria Borges de Souza
Claudemir dos Santos Silva
Daniele dos Santos Lima
Dayvesson Deleon Bezerra da Silva
Erika Maria da Rocha Colaço
Francilene Leite Cavalcante
Jorge Francisco da Silva
Luana Pinto Carneiro Saturnino dos Santos
Luiz Fernando Silva Lopes
Marcio José da Silva
Maria do Carmo Gomes Pereira Cavalcanti
Renata Farias da Silva
Roberto Carlos de Santana Jesus
Técio Oliveira Macedo
Vera Lucy Borba de Castro Bezerra

12ª TURMA - 2013
Alexandrina Verônica Guedes das Neves
Alexcina Oliveira Cirne Vieira da Cunha
Christiane Gleice Barbosa de Farias Nascimento
Elanxirle Teixeira da Silva
Emanuel Artur de Albuquerque
Erika Maria Asêvedo Costa Moura
Francisco Santana de Oliveira
Grace Terra Santos Agra
Gutemberg Lima da Silva
Ivaneide Lemos Vasconcelos Silva
Josinaldo Monteiro Tavares
Júnior Antonio da Silva Gomes
Leni Rejane Costa Tavares
Leonardo Ariel Grosskreutz Felipe
Magda Wacemberg Pereira Lima Carvalho
Maria Áurea de Albuquerque
Maria José Cavalcanti de Andrade
Natália Luiza Carneiro Lopes
Thelma Lúcia Guerra Alvares

11ª TURMA - 2012
Adauto Alves da Silva
Ana Gleide de Souza Leal Sá
Ana Maria Zulema Pinto Cabral da Nobrega
Ateniense Alves de Mendonça
Fernando Carlos Lima da Silveira
Jamyle Sabino Freire
Jane Kelly Silva de Lima
Janine Magaly Arruda Tavares
Jonadab Mansur Junior
José Batista de Barros
Jullyana Neri Vilaça
Keyla Maria Santana da Silva
Lorena Grace Alves do Vale
Luiz Eduardo Cerquinho Cajueiro
Maria Ijaci Gomes Correia
Renata Monteiro Mendes Campos
Rosineide Costa Falcão
Valdilene Fabricio de Menezes

10ª TURMA - 2011
Alba Valéria Da Silva Moraes
Bernardo Luís Torres Klimsa
Cristiane Renata Da Silva Cavalcanti
Dalexon Sergio Da Silva
Eduarda Cavalcanti Valença
Elaine Pereira Daróz
Enio Luiz Costa Tavares
Evilasio Dos Santos Silva
Guilherme Henrique De Oliveira
José Reginaldo Gomes Santana (Taxa Capes)
Josiane Almeida Da Silva
Larissa Petrusk Santos Silva
Larissa Raquel Pereira Lyra
Maria Simone Da Silva Holanda
Michele Elias De Carvalho
Michelle Mélo Gurjão
Mirian Leite Gomes De Oliveira
Patricia Carneiro Ribeiro
Raimundo Batista Almeida
Robson Moura

9ª TURMA – 2010.2
Adilson Fernando Sales e Barros
Anabelle Veloso de Melo Vieira
Afonso Ferreira Paiva
Andréa Francisca Fernandes
Cassandra de Lemos Trajano
Fabiana Ferreira Nascimento de Souza
Iracilda Simões da Silva Soares
Natasha Ferraz Canto Pessoa de Luna
Rosa Maria dos Reis E. Arruda Perdigão
Sueli Cristina D. dos Santos
Vilma Valentim de Oliveira
Zoroastro Pereira de Araujo Neto
Zuleide Maria da Silva

8ª TURMA – 2010.1
Antonio Henrique Coutelo de Moraes
Carla Karina Freitas da Silva
Célia Maria da Paz Teixeira
Chirlene Santos da Cunha Moura
Dilene Maria Araújo Leandro
Fernanda Pinheiro de Souza E Silva
Izabelly Correia dos Santos
Janaina Gonçalves Bernardo dos Santos
Karla Simões de Andrade Lima Bertotti
Maria Gislane da Silva Lins
Mario Roberto dos Santos Souza
Mércia Irabel Soares
Sandra Maria de Lima Alves
Saulo Albino da Silva
Vanessa de Matos Peixoto
Vanessa Maria da Silva
Vilma Lucia Pereira Silva da Cruz

7ª TURMA - 2008
Aliciana Maria Bezerra Barros
Allyson Ewerton Vila Nova Silva
Ana Carolina da Silva Lemos Araújo
Cecilia Ribeiro da Silva Santos
Gilvânia Oliveira do Nascimento Gonzalez
Hiliana Alves Dos Santos Nascimento
Juliana Pereira Souto Barreto
Jurandir Ferreira Dias Júnior
Luciene Santos Pereira Da Silva
Maria Do Carmo da Silva Apolinário
Maria Martins Amorim de Moura
Poliane Maria Gonçalves
Rosinére Pires Patriota
Samuel Lira de Oliveira
Sonia Sena da Silva
Sueli Fernandes Da Silva Rached
Talita Cruz Galindo
Tatiana Maria Corrêa Cavalcanti
Zara Coelho De Lima Accioly

6ª TURMA - 2007
Ana Lucia do Nascimento
Doralice Pereira de Santana
Elda  Quirino Melo dos  Santos
Elisa de Araújo Barreto Neta
Elisangela Maria da Silva
Érica Maria Silva Montenegro de Mélo
Joana Dar’c  Vitória da Silva
Karla Epiphania Lins de Gois
Lenira de Mello Loureiro
Luciana Virginia Prazeres Teixeira Santos
Luiz Carlos Souza Bezerra
Maria das Dores de Morais
Maria de Fatima de Oliveira Lima
Maria Lucia Paulino Mendes
Rafael Loureiro Farias
Rosilda Maria Araujo Silva Dos Santos

5ª TURMA - 2006
Adriana Alves Büchler
Albertina Maria de Melo
Ana Paula Torres de Q. Rocha
Auricélia de Carvalho Gondim
Betânia Silva Cordeiro
Boris Dimitri de Siqueira Filho
Camilla Porto Campello
Conceição Maria Marinho dos Santos
Flavia Alves RochaIngrid Chaves Cananéa
Isabelle Mayal Soares
Izabella Cristina de Aguiar Gomes
José Edmilson Felipe da Silva
Leonice Alves Maia
Luciana Pereira da Silva
Maria das Graças  Bento Gonçalves de Oliveira
Maria José Pereira Gomes
Paula Rejane de Moura
Robson Tavares de Melo
Rômulo Felipe da Silva

4ª TURMA - 2005
Ana Carolina Calheiros De Moraes
Ângela Aragão de Oliveira
Carlos Alberto Cavalcanti Cordeiro
Cláudia Christina Araújo Corrêa de Oliveira Andrade
Frederico Henrique R. Barros
Herta Davino Pimentel
Jane Cleide Do Nascimento Lima
Julia da Silva Marinho
Juliana de Souza Falcão
Karla Patrícia Ramos da Costa
Lillyane Raquel Freitas Magluf
Luciana Moraes Studart Pereira
Maria do Rosário de Fátima de Aguiar Sá Barreto dos Santos
Maristela Torres de Aguiar
Michelle Carolina Garcia Rocha de França
Otávia Pinheiro Pedrosa
Rosineide Costa Falcão
Shalimar Michele Gonçalves Da Silva

3ª TURMA - 2004
Andréa Novaes Ferraz de Lima
Annie Lezan Bittencourt de Moura
Carla Maria Cavalcanti Padilha de Brito
Claudionor Alves da Silva
Daniela Malta de Souza Medved
Diana Babini Lapa de Albuquerque
Fernanda Griz de Góes Cavalcanti
Flavia Tavares da Costa Silveira
Germana Maria Gomes Carvalheira
Gracinda Maria Gomes Alves
Izabel Maria Martins Da Silva
Juliana de Arruda Fraga
Leila Maria Vieira Medeiros
Póla Ribeiro da Silva
Rosangela Nieto de Albuquerque
Selma Roseni Lins
Taciana Meneses Silva
Theresa Chistina Jardim Frazão
Wagner Teobaldo Lopes De Andrade

2ª TURMA - 2003
Albenita Maria Teodoro de Oliveira
Ana Carla Estellita Vogeley
Ana Carla Malta Botelho de Carvalho
Ângela Maria Revorêdo Silva Arruda
Angela Maria Torres Santos
Artemísia Ruth Arruda Lucena Veras
Cleiçon Graf Gonçalves Torreiro
Cristiane Raquel Souto Zilbermintz
Fernanda Gabrielle Andrade Lima
Irenilda Francisca de Oliveira e Silva
Isabela Barbosa do Rego Barros
Leonardo Wanderley Lopes
Maria Andressa Lacerda Dantas
Maria Carolina Caldas Didier
Maria de Fátima Ferreira da Costa
Maria Ivoneide Calado de Arruda
Patrícia Maria de Andrade L. Barros
Renan Luiz de Freitas
Severino Fernando da Rocha Júnior
Sonia de Sousa Dantas
Zenaide Fernandes da C. L. Amorim

1ª TURMA - 2002
Adriana Maciel Guerra
Ana Cristina de Albuquerque Montenegro
Ana Lúcia  Galvão Leal Chaves
Andréa Carla Lima Coelho
Bethânya Moreira Fernandes
Eneida Maria Gondim Martins da Silva
Francisco Edson Garcês Carneiro Lira
Gilda Lúcia de Melo Nogueira
Karina Paes Advincula
Katia Maria Gomes de Albuquerque Ribeiro
Kátia Urbano CaldasLara Teixeira Carneiro
Luciana Amorim Arcoverde de Melo
Luciana Cidrim Calado
Maria de Lourdes da Costa Soares de Almeida
Marília Maria de Lucena Macêdo
Núbia Maria Teixeira Gondim
Patricia  Gonçalves de Menezes
Taciana Maria de Vasconcelos Brissant
Teresinha de Jesus Carlos Araújo

Secretaria

Cleyton Romulo Lopes da Silva
Danielle Mendes de Oliveira França
Isabela Cristina do Monte Nunes

Karla Cristina Nóbrega de Menezes
Paulo Thiago Gomes da Silva
Sérgio de Araújo Wanderley

Portal de Periódicos e de Eventos Acadêmicos

MSc. Mariano Vicente da Silva Filho

Estágios pós-doutorais

  • Anderson de Alencar Menezes (UFAL)
  • Bárbara Olímpia Ramos de Melo (UESPI)
  • Dalexon Sérgio da Silva (egresso)
  • Denise Lima Gomes da Silva (bolsista PNPD)
  • Jurandir F. Dias Júnior
  • Juscelino Francisco do Nascimento (UFPI)
  • Luciana Cidrim Calado Meira (egresso)
  • Márcio Evaristo Beltrão (UFMT)
  • Pedro Francelino (UFPB)
  • Rossana Regina Guimarães Ramos Henz (UPE)
  • Wilma Pastor de Andrade Souza (UFPE)

Professores Colaboradores

  • Dermeval da Hora
  • Marianne Cavalcante
  • Robson Teles Gomes

Honra ao mérito

Profa. Nelly Medeiros de Carvalho

Professora Emérita da Universidade Federal de Pernambuco, membro da Academia Pernambucana de Letras, professora da Universidade Católica de Pernambuco (a partir de 2014), possui curso de graduação (1957), mestrado (1982) e doutorado (1993) em Letras pela Universidade Federal de Pernambuco. Atualmente é Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Linguagem, atuando na Linha de Pesquisa denominada Processos de Organização Linguística e Identidade Social; faz parte da diretoria da Aliança Francesa, conselheira do Conselho Estadual de Educação de Pernambuco, professora aposentada da Universidade Federal de Pernambuco, colunista do Jornal do Commercio desde o ano de 1983, membro do Conselho Científico da Revista Investigações, como também da Coleção Linguagens da Editora Prismas (Curitiba). Tem experiência na área de Linguística, com ênfase em Linguística Histórica - atuando, principalmente, nos seguintes temas: Publicidade, Cultura, Léxico, Linguagem e Língua Portuguesa.


Alunos Especiais e Alunos Ouvintes
 

Admissão extrasseleção, para aluno especial ou aluno ouvinte e aluno vinculado a outro Programa de Pós-graduação

A Pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação, no uso de suas atribuições, e de acordo com o Regimento da Pós-graduação Stricto Sensu, no que concerne à Regulamentação de matrícula de alunos da Pós-graduação, estabelece:

Aluno vinculado a outro Programa de Pós-graduação

Aluno Vinculado é aquele efetivamente matriculado em Curso de Mestrado/Doutorado em Instituição de Ensino Superior, aprovado pela CAPES, que deseje cursar disciplina em um Programa de Mestrado/Doutorado da UNICAP, observando:

  • o nº de Alunos Vinculados por disciplina é decisão da Coordenação da Pós-graduação Stricto Sensu, ouvido o Coordenador do Programa em questão,
  • o aluno deverá apresentar no ato da inscrição, cópia autenticada da RG, CPF, Certificado de Conclusão da Graduação ou Diploma, do Histórico da Graduação e Currículo comprovado, sem necessidade de autenticação;
  • o aluno deverá preencher o requerimento padrão oferecido na secretaria da Pós-graduação;
  • o aluno deverá pagar por cada disciplina, a ser cursada, a taxa no valor definido pela Pró-reitoria.

Aluno especial e Aluno ouvinte

Aluno Especial ou Aluno Ouvinte é aquele aluno que não está vinculado a nenhum Programa de Mestrado/Doutorado e deseja cursar disciplinas em um Programa de Mestrado/Doutorado da UNICAP, observando:

  • o n° de Alunos Especiais é decisão da Coordenação Geral de Pós-graduação, ouvido o Coordenador do Programa em questão;
  • o aluno deverá apresentar, no ato da inscrição, cópia autenticada da RG, CPF. Certificado de Conclusão da Graduação ou Diploma, do Histórico da Graduação e Currículo comprovado, sem necessidade de autenticação;
  • o aluno deverá preencher o requerimento padrão oferecido na secretaria da Pós-graduação:
  • o aluno deverá pagar, por cada disciplina a ser cursada, a taxa no valor definido pela Pró-reitoria.

Obs.:  O  Aluno Especial  poderá aproveitar, nos Programas de Pós-graduação da UNICAP, os créditos cursados na disciplina, desde que até o prazo de 5 anos, levando em conta a quantidade de créditos que o Programa aceita dentro desta modalidade (geralmente são 8 créditos). O Aluno Ouvinte não poderá aproveitar a disciplina cursada para compor créditos nos Programas de Pós-graduação.

 

Inscrições:

Devido o momento da Pandemia da COVID-19, todo o processo de inscrição estará sendo através do envio da documentação solicitada e do requerimento para o e-mail: secretariastrictosensu@unicap.br, no período de 16/01/2023 a 17/02/2023.

 

Requerimentos:

- Aluno Especial (Clicar aqui)

- Aluno Ouvinte (Clicar aqui)

 

Valor por disciplina:

- Valor por disciplina (Clicar aqui

 


Fale Conosco

Segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 17h

Local
Rua Almeida Cunha, 245. bloco G4, térreo
Boa Vista, Recife/PE.
CEP: 50.050-480

Fone (também Whatsapp)

(81) 99146-6993

Email
secretariastrictosensu@unicap.br

 


Processo seletivo Mestrado 2023

Confira o Edital e procedimentos da seleção 2023 para o Mestrado em Ciências da Linguagem.

  1. Edital 2023 - Seleção Complementar
  2. Click aqui para fazer sua pré-inscrição
  3. Ficha de Inscrição - Mestrado
  4. Requerimento

Processo seletivo Doutorado 2023

Confira o Edital e procedimentos da seleção 2023 para o doutorado em Ciências da Linguagem.

  1. Edital 2023 (alterado em 20/01/2023 - prorrogação das inscrições até 27/01/2022)
  2. Click aqui para fazer sua pré-inscrição
  3. Ficha de Inscrição – Doutorado
  4. Requerimento

Processo seletivo MINTER 2022 - Pólo Santo Inácio

Confira o Edital e procedimentos da seleção 2022 para o MINTER em Ciências da Linguagem no Pólo Santo Inácio.

  1. Edital 2022 
  2. Click aqui para fazer sua pré-inscrição
  3. Ficha de Inscrição – Mestrado
  4. Requerimento

Obs.:  A Secretaria da Stricto Sensu informa que os documentos solicitados, nos Editais de Seleção 2023, com o reconhecimento de firma/autenticação, serão necessários, apenas, no ato da entrega presencial, na Secretaria, devido a Era Pandêmica. Para o momento atual, os documentos apenas precisam ser digitalizados e encaminhados para o e-mail indicado nos Editais.

O processo seletivo para o PPGCL - Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem da UNICAP - será realizado de acordo com as regras fixadas no Edital vigente.


Os resultados serão divulgados seguindo as datas estipuladas no cronograma do Edital de Seleção.

MESTRADO

  1. Homologação das Inscrições (Clicar aqui)

  2. Resultado da Análise de Projeto (Clicar aqui

  3. Resultado da Prova de Língua Estrangeira (Clicar aqui)

  4. Horários das Entrevistas (Clicar aqui

  5. Resultado Final da Seleção 2023 (Clicar aqui)

DOUTORADO

  1. Homologação das Inscrições (Clicar aqui)

  2. Resultado da Análise de Projeto (Clicar aqui)

  3. Resultado da Prova de Língua Estrangeira - 1ª Opção (Clicar aqui)

  4. Resultado da Prova de Língua Estrangeira - 2ª Opção (Clicar aqui)

  5. Horários das Entrevistas (Clicar aqui

  6. Resultado Final da Seleção 2023 (Clicar aqui)


De 08 a 10/03/2023 o Programa de Pós-graduação Stricto Sensu irá realizar o processo para a Matrícula de 2023.1.

Os(As) discentes devem seguir as instruções que estão no Informativo de Matrícula e Alteração de Matrícula.

- Informativo de Matrícula (Clicar aqui)

- Requerimento para Solicitações (Clicar aqui)

Obs.1.: Para regularização de alguma pendência (acadêmica ou financeira), deverá ser preenchido o Requerimento para Solicitações e encaminhar para o e-mail da Secretaria Stricto Sensu.

Obs.2.: Orientação de matrícula

Terça-feira, 7 de março · 9h até 12h
Informações de participação do Google Meet

Link da videochamada: https://meet.google.com/zpv-otir-opc

Presencial: 8º andar, sala da coordenação. Estarei na UNICAP.

Informações: secretariastrictosensu@unicap.br / (81) 2119.4369 (de 9h às 20h)


Mestrado

- Edital 2022 (Clicar aqui)

- Edital 2021 (Clicar aqui)

 

Doutorado

- Edital 2022 (Clicar aqui)

- Edital 2021 (Clicar aqui)