Publicado Por: Alessandro Douglas

Organizado por mulheres autônomas e independentes que reivindicam a revogação da sentença do caso Mari Ferrer em segunda instância e a punição exemplar e adequada à conduta do advogado de defesa do réu, o promotor do caso e o juiz.

Leia mais: https://g1.globo.com/pe/pernambuco/noticia/2020/11/07/ato-no-recife-pede-justica-para-o-caso-mariana-ferrer.ghtml

Visualizações:
118
Compartilhar